Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eu tento, mas meu tento não consegue!

E pior do que não conseguir é nunca ter tentado... Bem vindo! Faça de conta que está em casa :)!

Eu tento, mas meu tento não consegue!

E pior do que não conseguir é nunca ter tentado... Bem vindo! Faça de conta que está em casa :)!

Atrevam-se!

Eu queria não falar de crise, de encerramento de transportes, quer em Lisboa quer de algumas linhas ferroviárias aqui para o sítio que ainda faz parte de Portugal, aqui para o sítio em que já fecharam maternidades, serviços de urgência, escolas,  e estas últimas com a desculpa de que é melhor para as crianças sociabilizarem e não ficarem fechadas na aldeia! Venham cá sociabilizarem às 7:30 da matina e com graus negativos! Venham cá ver as turmas de 28, 30  alunos em que não há hipótese de se valer a tudo com eficiência! Sim! Atrevam-se, não a fazerem uma visita em que os recebem com toda a pompa, mas a ficarem cá e verem como as coisinhas se passam na realidade do dia a dia!

 

Atrevam-se a fazer cortes aos vossos sumptuosos ordenados!

Atrevam-se a andar sem o vosso carrinho topo de gama (muitas vezes pago como o NOSSO dinheiro) e andem em transportes públicos e vejam o que é não os ter quando precisam!

Atrevam-se a estar à espera de filho e o hospital ficar a quilómetros!

Atrevam-se a serem professores de turmas de 28 alunos e tentarem dar uma aula produtiva para TODOS!

Atrevam-se a viverem com 500 euros mensais pagarem renda de casa, comida, transporte e a verem tudo a sair e nada a entrar no bolso!

Atrevam-se a verem os vossos filhos a precisarem de roupa, livros, calçado,... Atrevam-se verem os vossos filhos a pedirem-vos algo e a terem que responder " não". Porque o dinheiro está criteriosamente contado ao cêntimo!

Atrevam-se a viver em Trás os Montes e quererem aquecer a casa e  não poderem porque subiu o gás, a eletricidade,....!

Atrevam-se a estarem doentes e a viverem as dificuldades por que se passa, porque não há médicos, e os que há estão com trabalho até aos olhos! Porque houve cortes na saúde, e não me venham com a treta de que os cuidados não irão ser prejudicados! Não se fazem omeletas se não houver ovos!

Atrevam-se a terem condições de trabalho deficientes e ser-vos exigida excelência!

Atrevam-se a viverem como pessoas! E não como políticos que não vêem o seu povo a definhar, que não vêem para onde segue Portugal... para um país com iliteracia, desemprego, pessoa infelizes, sem animo,  sem acesso à cultura,  mal preparadas para o mercado de trabalho,....

Pessoas que quererem emigrar porque o seu país deixou de se importar com a simples vida deles!

Atrevam-se a criarem leis que punam os "maiorais" corruptos, e os que fazem gestão danosa de dinheiros públicos!

Atrevam-se a trabalhar mais horas sem serem devidamente pagos pelo vosso trabalho!

 

Eu não queria  fazer mais um blogue político, mas a realidade é que não dão descanso!!! Mas para algum lado têm que ir as palavras que tenho encurraladas...

 

Vou tentar não fazer mais artigos político-crise e espero que o meu tento consiga, mas vá lá atrevam-se a dar uma ajudinha!

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D