Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu tento, mas meu tento não consegue!

E pior do que não conseguir é nunca ter tentado... Bem vindo! Faça de conta que está em casa :)!

Eu tento, mas meu tento não consegue!

E pior do que não conseguir é nunca ter tentado... Bem vindo! Faça de conta que está em casa :)!

Enquanto Cigarra

Foto minha (Jardim Botânico Coimbra 2013)

 

Faz bem à alma ser uma Cigarra. Estender as pernas ao sol, dormir a sesta como nuestros Hermanos, não ter horários para nada, passear, conhecer, amar o tempo livre!

 

E esta Cigarra tentou desfrutar do seu tempo. Descansar sem horas... conhecer novos ambientes. Cidade dos mestres, dos estudantes. Velha... a precisar de uma pintura. É sempre o que penso quando vou a Coimbra. Mas com uma zona pedonal, mais central, agradável, um jardim à beira rio que nos convida ao passeio. E claro, o Jardim Botânico. Agradável, e a pedir umas boas fotografias.

 

Meus dias de Cigarra se detiveram na cidade Luz e nas suas sete colinas. Após cinco anos da minha ausência nas suas ruas, encontrei-a agradável, colorida, cada vez mais simpática. É certo que apresenta ainda muitas lacunas, muitos prédios devolutos. Mas revi-a com muito melhor cara e com uma luz cada vez mais brilhante. Muito ficou por ver, mas ela esperará pacientemente o meu regresso.

 

Encontrei, e conheci, também pessoas autênticas, agradáveis e que me(nos) fizeram sentir bem. Demontrando a verdadeira hospitalidade Alentejana! O verdadeiro desprendimento à bom Português. Obrigada! O Norte espera-vos

 

Conheci finalmente alguém que ansiava conhecer e que foi de encontro ao que de si imaginava. Doce e transmitindo bem estar. Obrigada também por estar presente nos meus dias de Cigarra.

 

Esta Cigarra tanto queria fazer e tanto queria ver... muitos dias me faltam... Mas agora, agora tenho que me transformar na boa e trabalhadora formiguinha. No entanto, aguardem-me que Cigarra voltarei a ser =)

A que cheira?

 

Por aqui, num  Trás-os-Montes perdido durante 9 meses, temos um verão de 3 meses onde há gente. Gente nas ruas, nos cafés, na filas do Supermercado, na frutaria, no talho.... gente!

 

Gente que se afastou destes ares perdidos mas a estes ares retorna. É assim... laços que nos prendem e não se devem soltar mas sim dar um novo aperto no pouco tempo que se tem para respirar por aqui.

 

No mundo Blogosférico vemos Pots a anunciarem as férias dos seus autores. Noutros veremos Pots a anunciarem que os autores querem ir de férias. A certeza é que o virtual anda meio parado. Compreende-se. O cheiro lá fora é convidativo. À parte esse delicioso aroma, a verdade é que as ideias não fluem tanto, e os dedos querem repousar num copo gelado antepondo-o a um teclado. Estamos cansados, deste tlec...tlec...tlec... solítário e ao mesmo tempo gigantesco, cansados de pensar e só queremos sentir... sentir o sol. Sentir as conversas, as noites amenas de Verão, o aroma das férias. Vivemos para isto. É verdade!

 

Vivemos para este cheiro a férias. E é bom deixarmo-nos de tentos só por um bocadito, muitos virão depois.

 

 

Imagem retirada da net, obrigada a quem a disponibilizou

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D