Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eu tento, mas meu tento não consegue!

E pior do que não conseguir é nunca ter tentado... Bem vindo! Faça de conta que está em casa :)!

Eu tento, mas meu tento não consegue!

E pior do que não conseguir é nunca ter tentado... Bem vindo! Faça de conta que está em casa :)!

Constituir a constituição na inconstitucinalidade

 

 Imagem retirada da net - Talvez seja melhor deixar o buraco aberto

 

Já sei, está a ser uma verdadeiro suplício para os utilizadores da Blogosfera ver escrita em montanhas de blogs a palavra "Constituição", mas é assim, ela existe para o melhor e para o pior, e eu não consigo fugir ao tema. Desculpem lá a maçada.

 

O título pode parecer sem sentido, pensa quem incautamente lê neste humilde espaço as minhas divagações. Mas vejamos, não é assim tão absurdo. Vejam este post de 06 de julho de 2012, que fala precisamente da inconstitucionalidade da retirada dos subsídios no ano transacto! Isto já tinha sido considerado inconstitucional, a palavra é difícil de dizer e de escrever só por isso o Governo deveria ter mais cuidado! Mas não! Os senhores voltaram a enfiar lá a coisa à espera que passasse despercebida outra vez!!! Sim! Porque no ano anterior foi considerada inconstitucional mas borrifaram-se para o palavrão e fizeram-nos dizer e pensar piores palavrões!

 

E após a decisão, demorada, mas segundo os Excelentíssimos Juízes bem trabalhada, o Governo vem dizer-se "chocado"!?!

P`amor de Deus!!!

 

Ontem decidi abandonar as sessões televisivas que se debatiam sobre o tema. Porque a noite é hora de descanso e  como gritar do sofá não adianta, até porque os vizinhos não têm culpa a melhor solução é calar o "bico" na cama. Eu não sei quem paga aos senhores comentadores mas para virem dizer coisas do género "O Tribunal Constitucional cometeu um erro devería ver a situação do País!"

 

Gostaria que estes senhores, que ainda não percebi que doutos são para estarem ali, me explicassem para que serve a Constituição? É para que esta se anule a todas as ideias do Governo?

Para que serve então enviar o documento do Orçamento se é só para lhe passar os olhos e dizer que sim? Para teatro? Já não chegará o teatro que temos?

Se não é para ligar ao que nos diz a Constituição então faça-se outra! Já que estamos numa de se fazer o que se quer. Mas enquanto esta existe respeite-se. Isto é democracia. Porque se é para passar a Constituição a ferro então o que é?

 

 

Mas aninda disseram mais, "O Estado está endividado os funcionários Públicos é que devem pagar a dívida!". A sério!?!

Pois... por estas ideias e que isto está como está! Por alguns pensarem que a responsabilidade é sempre dos outros! Por alguns pensarem que o Estado são os funcionários Públicos. Esses que assim pensam não usufruem das estradas, dos Hospitais Públicos (pois, se calhar não), das Escolas (mesmo privadas também têm a mão do Estado), andam num Portugal paralelo. Enquanto existirem pessoas a pensar que este cantinho é da responsabilidade só de alguns não sairemos NUNCA da cepa torta!!!

Há prós e contras quer no lado dos funcionários públicos quer do lado dos funcionários do privadol. Irra! Até eu vejo isso que não sou tão douta!!!

 

E posto isto não tentei nem ouvi-los mais. Já chega! Basta de um país em que se olha para a galinha do outro! Basta de um país de divisões! Basta de uma país que se enterra e parece que tem gosto em enterrar-se! BASTA!!!

 

12 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D