Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eu tento, mas meu tento não consegue!

E pior do que não conseguir é nunca ter tentado... Bem vindo! Faça de conta que está em casa :)!

Eu tento, mas meu tento não consegue!

E pior do que não conseguir é nunca ter tentado... Bem vindo! Faça de conta que está em casa :)!

Psicologia de elevador

É engraçado o tipo de avaliação psicológica que podemos fazer a pessoas só de estarmos à espera de elevador.

 

Por exemplo, podemos encontrar o tímido. Aquele que carrega no botão para chamar o elevador mas mesmo assim, ao seu toque leve e indeciso, a luzinha que indica que ele foi chamado não acende. A pessoa que está ao lado terá que concluir a tarefa de carregar como deve ser.

 

Existe também dissimulado, que carrega no botão e assobia e olha para o lado, fingindo que nem está ali e até simula que dá pontapés em pedras que não existem no chão.

 

Encontramos o nervoso, e à beira de um ataque cardíaco, aquele que carrega incessantemente no botão pronto a furar a parede e pensando que o seu dedo tem poderes mágicos! Pensa que quanto mais vezes carregar mais rápida a coisa descerá!

 

Temos o resignado. O que carrega, dá um suspiro, e olha com tristeza para a porta do elevador que não abre e este que tarda em chegar….

 

O tagarela, aquele que carrega no botão não para de falar e quando o elevador chega mantém a porta aberta prendendo o curso normal de sobre e desce conversando com quem está do lado de fora sem perceber que o elevador é para andar e se quer conversas é melhor ir ao café do lado!

 

O viciado em nicotina, que fuma até à chegada do elevador e só à beira da porta fechar é que apaga o cigarro, chegando a levar com a porta que entretanto se fecha.

 

A personagem de negócios, aquele que carrega no botão de chamada do dito cujo, sempre a falar ao telemóvel, dar instruções, marcar entrevistas, definir estratégias, a reger a equipa de longe… Enfim, aquele que dá a ideia que é imprescindível e que até num elevador está a trabalhar.

 

Temos o polido, a personagem que não carrega o botão de elevador mas sim do ascensor.

 

O FaceBokiano que carrega no elevador tira fotos com o telemóvel e coloca imediatamente no seu mural a informar que está a apanhar seca à espera de um elevador.

 

O culto que enquanto espera que a maquineta chegue vai lendo o seu livrinho. A par com este personagem temos também o informado quer vai lendo as notícias no Jornal.

 

O obssessivo-compulsivo que olha de forma insistente para o relógio e para a porta como se disso dependesse a sua vida!

 

A bloguer que repara neles todos e tenta arranjar artigo para escrever um post. {#emotions_dlg.sarcastic}

 

 

Imagem retirada da net, obrigada a quem a disponiblizou.

26 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D