Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu tento, mas meu tento não consegue!

E pior do que não conseguir é nunca ter tentado... Bem vindo! Faça de conta que está em casa :)!

Eu tento, mas meu tento não consegue!

E pior do que não conseguir é nunca ter tentado... Bem vindo! Faça de conta que está em casa :)!

Retrato de um país

Pilares da economia portuguesa.jpgImagem retirada da internet

 

 

 

Depois de discutido o assunto sobre o nosso PM, que tinha dívidas à Segurança Social, que não sabia (coitado), que já prescreveram (que sorte!) e que pagou porque que quis (para que se calem). Hoje vem a público uma ordem dada pelas Finanças, que entretanto, ajuizadamente (porque se tornou público), suspenderam a ordem, de alimentos penhorados que foram doados a famílias carenciadas.

 

Isto porque as carrinhas, da Associação que distribuía os alimentos, não pagaram algumas portagens. Segundo refere a responsável  “Iam à payshop pagar as portagens e não constavam, tornavam a ir e ainda não constavam”. Nos 2010, 2011 e 2012, ficaram a dever inúmeras portagens às concessionárias das ex-SCUT. A dívida ascendeu a cerca de 2200 euros. Foi acordado um plano de pagamento das portagens em dívida. “Pagámos tudo”, afiança a mesma responsável. A dívida agora em causa, “cerca de 4800 euros”, concerne a coimas, custas processuais e juros decorrentes dos valores atrasados.".

 

Isto das portagens é uma maravilha! A fiscalização, embora eu não saiba muito bem em que moldes, e as penhoras são feitas pelo Estado. E agora dizem vocês. Porreiro! O dinheiro de quem é devedor e tem que pagar coimas absurdas (esse é outro ponto deveras interessante) vai para o Estado! Não malta. O dinheiro vai para a BRISA. E a BRISA é uma empresa do Estado? Não. Mas então porque cargas de água é que ainda continua o Estado por detrás disso? Porque obviamente deve interessar a alguém, que não é o povo Português de certeza!

 

E é isto, minha gente, o retrato de um lindo País à beira mar plantado. Dou é como conselho que não se escave demasiado por aqui. Porque senão o que se vier a descobrir deitará tanto mau cheiro que não se aguentará nem na Rússia!

 

 

Mais uma paulada!

A notícia que apareceu divulgada no Site do INEM parece muito linda mas não mostra a realidade como ela é.

 

E a realidade é esta:

Até agora existiam algumas localidades que tinham serviço SIV e VMER que estavam só para serviço requisitado de urgência pelo 112, muitos deles tinham à volta de 120 atendimentos mês, estamos a falar de áreas isoladas onde foram fechadas valências de atendimento urgente, e se bem se lembram a colocação destes SIV e VMER seriam para colmatar a sua falta, agora estes profissionais estarão integrados em equipas de urgência por forma a "rentabilizar" pessoal.

 

Então eu explico a tal rentabilização, está um profissional de atendimento na urgência hospitalar, e sabemos, ou imaginamos, como são as urgências, e está a prestar um atendimento a um utente, entretanto é chamado para um urgência fora do Hospital, o profissional em causa "larga" literalmente o utente vai atender a chamada, suponhamos que esta corresponde a um acidente de um automóvel que caiu para fora da estrada. O profissional deve deslocar-se até onde está a viatura aguentando a intempérie, deve  valer-se de um raciocínio rápido, conciso, lógico e muito preciso, afinal está ali uma vida a salvar. Transporta a vítima até ao Hospital, troca de roupa (se puder) e a seguir desliga o botão da situação stressante que passou, sim, inté ver esses profissionais são humanos! Continuando, desliga o botãozinho e está pronto para ingressar no modo "urgência  hospitalar".

 

Será que terão desconto em consultas de psiquiatria, depois destas voltas a que serão obrigados daqui para a frente? Sim! Não há preparação física e psíquica para tal. Acho eu, mas se calhar ando a ver a mais... Até porque acho que isto já deu "barraca" lá para o sul

 

E são estas notícias que me fazem pensar nestas imagens que vou recebendo por correio eletrónico

Pois é... o meu tento também acha que as vaquinhas não aguentarão muito mais tempo. SERÁ PEDIR MUITO QUE PAREM "CUSTE O QUE CUSTAR!"

Mais sobre mim

imagem de perfil

Posts mais comentados

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D