Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu tento, mas meu tento não consegue!

E pior do que não conseguir é nunca ter tentado... Bem vindo! Faça de conta que está em casa :)!

Eu tento, mas meu tento não consegue!

E pior do que não conseguir é nunca ter tentado... Bem vindo! Faça de conta que está em casa :)!

Pokegopositivo

pokemongojpg

 

Ontem existiu uma conversa cá em casa muito interessante. O meu filho tinha combinado uma saída com os amigos, mas dado que se aproximava a hora combinada o meu marido, prestativamente perguntou,

- Queres boleia? Eu levo-te até lá em baixo, não há problema.

- Não pai. Além de eu gostar de andar tenho uns ovos para chocar.

 

Óbvio que isto nos fez rir a todos até já não aguentar mais. Chocar ovos???!!! A Sério?!!

 

Passada a folia algo me veio à mente. Ó páh! Mas este jogo até pode ser bestial! Ora pensem comigo:

 

Primeiro; muitos Pokemons estão em edifícios emblemáticos e históricos, tais como, igrejas e monumentos. O que obriga a miudagem a olhar para eles, e a ir até lá. Algo que a que nem ligavam antes de existir lá um Pokecoiso interessante que faz algo pokeestupendo, tem asas e tal.

 

Segundo; e muito importante, obriga a malta a sair de casa! E quais não são os pais que se queixam dos filhos passarem demasiado tempo agarrados ao computador?

Embora o meu filho contrabalance bem esse tempo,  e contam-se pelos dedos de uma mão as tardes que ficará em casa a jogar, mesmo assim, acho que a ideia é muito interessante.

 

Terceiro; além de saírem de casa têm de andar a pé! Senão os ovos não chocam (Vá! Pronto riam-se lá ) e não há funções maravilha para ninguém! Mas que ideia brilhante!!

Os meus parabéns quem teve esta ideia luminosa, que sei que partiu inicialmente de uma brincadeira da Google, sendo aproveitada à posteriori para ser colocada em prática, mesmo assim há que dar os louros a quem a colocou em prática!

 

Bem, estes são os pontos positivos que lhe encontro. Claro que tem que se andar com cuidado, não ser distraído a atravessar estradas, não ir para locais perigosos, enfim, uma série de recomendações que até foram lançadas pela PSP, alerta às novas modas e tecnologias. Isto obriga a uma conversa em família e a um momento de ensino aos filhos, afinal são recomendações que não vão muito além do que qualquer pai deve dizer, e até isso poderá ser olhado como um momemento proveitoso.

 

Quanto às figurinhas que alguns adultos fazem? Sim porque aos jovens perdoa-se-lhes e compraz-nos vê-los entusiasmados.

 

Essas figuras dariam um outro post. Mas querem saber? Se não se importam de fazer figuras tristes e se divertem? Bom para eles e para mim que me divirto a olhar

 

 

 

 

Desafio!?!

 

Não raras vezes existe uma célebre frase dita por Eisntein que ecoa na minha mente “Duas coisas são infinitas: O Universo e a estupidez humana. Mas, no que respeita ao Universo, ainda não adquiri a certeza absoluta!”. E na minha curta passagem por este mundo não há dia em que eu não confirme isto, que até pode ser considerado uma máxima. A estupidez humana é mesmo infinita!

Ignorante como sou nestas lides cibernéticas, Twitcenas e Facetretas, descobri que existe uma coisa chamada de “Neknominate”. E o que à partida até parece um feitiço retirado da saga Harry Potter, não é nada mais, nada menos, do que, o que muitos, denominam de um “jogo do azar”. E que eu prefiro chamar “apogeu da estupidez”!

E de trata este tal apogeu de estupidez?

Ora, é um jogo que tem página de comunidade no Facebook! Mas este não é um jogo com bonequinhos lindos e fofinhos ou daqueles que tem que se plantar coisas e depois colher (quais agricultores virtuais, a nova moda Séc. XXI), não! Este é um jogo que incentiva ao consumo de álcool no menor tempo possível. Mas não um ou dois copitos. Isso é para os fracos! É beber à séria! E depois de estarem mesmo bêbados terão, os "heróis", que praticar um desafio/ loucura/palermice qualquer e filmarem-se! Para quem sobreviver à façanha deve colocar o respectivo vídeo “online” com a hashtag#neknominate e um título apelativo. Depois? Depois é só esperar que haja um estúpido, coisa que não falta por aí, que supere a proeza em 24 horas!

Para além de fazer mal ao fígado parece que “jogar” a este neknominate pode levar também a uma morte precoce. Nada de mais para quem não dá três tostões velhos pela sua vida!

Na Irlanda já existiu um herói de 19 anos que resolveu participar. Jonny Byrne embriagou-se, atirou-se a um rio e desapareceu durante umas horas. Reapareceu com a bebedeira curada e sem vida. Superou-se! Mas existem mais a decidirem que afinal a vida não vale a pena se não existir uma valente estupidez terminal pelo meio. Talvez se poderá dizer que os que vão não fazem falta, mas tristes dos que ficam...

Que faltará a esta gente? Para além daquela massa cinzenta que costuma estar alojada no crânio!

Muitos se insurgem contra o facebook. Mas será o facebook que terá a culpa? A utilização deste não dependerá de quem está por trás de cada monitor? Da educação? Da sociedade?

Não sei quando a vós mas eu tento não ficar assustada com esta juventude, com esta sociedade, com tamanha estupidez! Mas há dias que o meu tento pasma e fica de boca aberta esperando que isto seja retirado de um argumento muito imaginativo de um qualquer filme Hollywoodesco!

Ao que parece a vida deve ser vivida no limite e a tresandar a adrenalina. Começa-se pela montanha russa depois passa-se pelo parapente, paraquedismo, rafting, o bumby jumping… Mas como nessas a morte é algo que só ocorre quando a coisa corre mesmo mal, e até tem regras de segurança, então há que inovar! E aliar a adrenalina à estupidez aguda! E obtemos coisas como esta do neknominate. Fácil não é?

 

Imagem retirada da internet

Mais sobre mim

imagem de perfil

Posts mais comentados

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D