Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu tento, mas meu tento não consegue!

E pior do que não conseguir é nunca ter tentado... Bem vindo! Faça de conta que está em casa :)!

Eu tento, mas meu tento não consegue!

E pior do que não conseguir é nunca ter tentado... Bem vindo! Faça de conta que está em casa :)!

Planeta adolescência


leva istoZits.jpg

 Livro Zits - De Jerry Scott e Jim Borgman

 


Quem tem um filho da idade da aborrecência, mais conhecida como adolescência, sabe o quão difícil é que eles percebam que no planeta dos pais as coisas são para estar arrumadas!


As sapatilhas são para estar na sapateira e não ao lado do sofá, uma em cada ponto cardeal. A mochila é para ser levada para o quarto e não largada no primeiro lugar que surgir. Os livros, depois de lidos, são para se arrumar na estante; as camisolas não são para atirar num local próximo depois de tiradas, mas sim para colocar no cesto da roupa e viradas do avesso … bem, e por aí fora.


Além desses conceitos básicos, também convém que percebam que existem tarefas nas quais todos temos que contribuir! Por exemplo, pôr a mesa, levar lixo e reciclagem, levar o cão à rua e colocar a louça na máquina. Esta última tarefa tem sido um pouco complicada de explicar ao meu ser do planeta distante que é a adolescência. Tentar que ele perceba que quando a máquina está carregada de louça limpa, com ciclo de lavagem mais do que completo, é para arrumar essa louça e colocar a suja para lavar! E não como fazem lá no planeta dele, que é olhar para a máquina cheia de louça para arrumar, fingir que não se viu e colocar a louça suja a encher a banca da cozinha à espera que os paizinhos a arrumem!


E enquanto no início as desculpas “Eu não sabia…”, ou “Eu não vi…”, ou “Não disseste que era para fazer…”, até iam pegando, depois das devidas explicações de, “LOUÇA LAVADA NA MÁQUINA É SEMPRE PARA ARRUMAR e depois colocar lá a suja e NÃO deixar na bancada”, pareceu-me que a mensagem tinha sido entendida e automaticamente traduzida para a linguagem adolescentês!


Mas agora que vem um senão….

 

No outro dia, cerca das três da manhã ouço um barulho de louça na cozinha. Acordo (sim, que a menina aqui deita-se cedo), e penso “mas que catano está aquele tipo a fazer na cozinha a estas horas?! Deve estar a comer antes de ir dormir”. O barulho nunca mais cessava. Batiam copos, talheres, e mais sei lá o quê. E eu a pensar “Mas que raio?!? Isto já vai parar… isto vai já parar… não me vou levantar…” . Demorou, mas lá parou o barulho.


Ao outro dia eu e o pai da criatura perguntamos.

- Ouve lá, o que é que tu estavas a comer para fazer aquele barulho todo ontem de madrugada?

Filho responde na mais profunda indignação. – Pois! Também não estão contentes com nada!!! Então não dizem que é para arrumar a louça da máquina?! Quis fazer uma surpresa e arrumei!”

 

Arrumar a louça às 3 da madrugada??? Enquanto o resto dos habitantes da casa estão no mais profundo dos sonos!!!??? De facto o rapazinho entendeu a mensagem….

 

 

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Posts mais comentados

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D