Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Sinais dos tempos...

Se há coisa que algumas pessoas têm é sensibilidade. A sensibilidade de um elefante numa loja de cristais...

 

Hoje, numa ida à farmácia a farmacêutica, até simpática, sentiu-se, vá-se lá saber porquê (talvez por eu ser cliente assídua), na necessidade de me oferecer algo, e vai daí vem a pergunta.

 

"Usa creme anti-rugas?"

 

{#emotions_dlg.snob}

 

"Porquê acha que preciso?!?"

 

Os sinais dos tempos são tramados! Não tenha que rugas, porque felizmente ainda não é um mal muito visível, exceptuando as de expressão, mas já se nota na pele que estou a avançar no tempo.

 

Mas existem outros sinais que me apoquentam a existência.

 

O facto de me esquecer com muita frequência de muitos pormenores do quotidiano. Ainda não procurei os óculos tendo-os em cima da cabeça porque não uso óculos... mas é com frequência que acordo a meio da noite, a uma hora espectacular, para me lembrar de algo que deveria ter feito durante o dia! Por isso, uso e abuso das lembranças no telemóvel.

 

Chamar vários nomes a uma pessoa antes de pronunciar o nome que quero é outro dos sinais que já deu o ar da sua graça. "Ó João (bolas), António (chiça), Sérgio (arre), Gaspar (Irra), José, isso! Uffa, finalmente!

 

Começo a ter uma certa colecção de medicamentos e não de batons, ou vernizes, ou lápis de olhos, ou perfumes, ou relógios Swatch, ou outra "cena" de jovem.

 

Contar cabelos brancos que vão aparecendo, e que gosto de esconder, é uma tarefa que não gosto de fazer.

 

Ficar feliz quando me dão muito menos idade que a que realmente possuo.

 

Preocupar-me mais com pequenos aspectos que antes não faziam parte da minha lista, tais como, aplicar creme diário nas mãos antes de dormir, nos pés e no pescoço. Cuidar da face ao acordar e ao deitar, quando antes era passar uma sabãozito de glicerina e um cremezinho, um qualquer que hidratasse. Agora não, tem que ser um "XPTO" porque o raio da rosácea agrava aos 40...

 

E temos com isto toda uma Indústria a aproveitar-se de nós. É creme para lutar ou amenizar rugas, creme para flacidez, olhos e os seus "pés de galinha", mãos cuja pele sofre. Existem cremes de todos os tipos, cheiros, tamanhos e consistências. Com ácido hialocoiso que é bom para esticar o que já não estica, produto retinol importado de alguma lado (sempre), líquido de preenchimento vindo da França, o local por excelência dos cremes. Tudo vale para enganar o tempo!

 

Pois é! "Minha senhora acha que se eu puser o tal creme anti-rugas elas não aparecem?

A menos que venha incluído uma máquina do tempo não me parece."

 

E vale a pena tentar enganar os sinais dos tempos? Não sei, mas vou tentando...

 

Mas creme anti-rugas? Hummm, não me parece! Um bom hidratante adequado ao tipo de pele de manhã e à noite sob a pele limpa é o suficiente e o que podemos fazer. E a carteira, assim, não ganha ela mais rugas.

 

 Afinal elas vão acabar por aparecer e eu espero não ficar com uma tromba.

 

Imagem retirada da net (obrigada a quem a disponibilizou)

 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    golimix 14.04.2013 18:02

    A eficácia é muito duvidosa! Ora aí está uma coisa que não fará rugas à minha carteira!



    boa semana
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    imagem de perfil

    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    Em destaque no SAPO Blogs
    pub