Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

E o céu lá nos cai na cabeça...

Tentei durante uns tempos não falar o que vai no nosso país. E sabendo que nada iria sair de bom nas novas medidas anunciadas andei a fugir de saber quais eram. Mas que adianta fugir se mais cedo ou mais tarde o céu me vai cair em cima da cabeça?

 

Abri o Jornal e a tampa saltou!

 Imagem retirada da net. Obriagada a quem a disponibilizou

 

Têm o desplante, a audácia, a falta de vergonha de dizer que os trabalhadores quer sector público quer privado ficam “numa situação de maior igualdade”!?!

 

Que raio de política é esta? Do dividir para reinar?

A de dizer aos trabalhadores do privado, "Vêem nós somos bonzinhos, pomos tudo igual!"

 

Mas se os trabalhadores do público só trabalham, 35 horas não seria antes de lutar que no privado fosse assim?

Se os do público têm direitos que os do privado não têm e querem não se deveria lutar para que esses direitos fossem adquiridos?

 

Para o nosso Governo deve-se antes tirar de uns para que os outros não chorem e assim ficam a chorar os dois!

 

E claro os que pensam que isto;  "É que é!"; "Amouchem agora!" dizem a troçar para os Funcionários Públicos!". Para esses eu só tenho uma frase

- Santa ignorância -

 

Claro que soube jogar muito bem políticamente e melhor ainda quando pousou no colo do seu parceiro de coligação os "louros" destas medidas.

 

E ainda estou para perceber a constitucionalidade de uma frase, “Isto quer dizer que a idade legal de reforma se mantém nos 65 anos, mas que só aos 66 não haverá qualquer penalização”, ora então, eu posso (daqui a alguns anos) pedir a reforma legalmente aos 65 anos mas só obtenho a reforma sem penalização aos 66....

 

Vamos ver quem sobrevive até lá. Bem, os que sobrevivem podem trabalhar até aos 70, porque só ficarão os fortes. Isto se ainda existir a reforma! Olha pelo sim pelo não é melhor nem nascer, pelo menos por estas bandas, a menos que seja filho de corrupto, gestor público, político ou tenha berço de oiro senão é melhor deixar-se estar ou esperar pelo ano de eleições.

 

AGUENTEM!!




Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub