Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Afinal eu sou...

Imegem retirada da net, obrigada a quem a disponibilizou

 

Como pode ser?

 

Não acredito que isto voltou a acontecer! Esfrego os olhos para ver se tudo o que estou a ver desaparece. Mas não. Tudo continua igual...

 

Minhas mãos estão pequeninas (ok. Mais pequeninas), estico-me e volto a esticar-me e não consigo chegar aquela boneca bonita que a minha mãe colocou lá no alto para que não estragasse! Os meus cabelos estão outra vez loiros,  estou a vestir aqueles calções que adoro e a minha camisolinha de alcinhas tão confortável, bem sei que a minha mãe prefere que eu vista aqueles vestidos bonitos, cor de rosa claro, cor de rosa escuro e cor de um rosa qualquer, mas eu prefiro os calções! Assim ela não me ralha se eu os romper um bocadinho nas minhas brincadeiras com os meus cães ou até se os sujar mais do que a conta, coisa que faço todos os dias! Afinal de que vale ser criança se não é para nos sujarmos, baloiçarmo-nos nas árvores de fruto que eu tenho no meu jardim, correr e saltar livremente, sem ter que me sentar assim ou assado e ter cuidado com o vestido que se engelha e ter de me comportar como uma "menina linda e sossegada". Se é para ser sossegada prefiro ser feia! Usar calções para me sentar como quero e sem estar preocupada que eles se engelhem e uma camisola bem confortável que não me aperte os movimentos. Afinal... afinal eu sou criança!!Que adianta ser criança se tenho que ser sossegada? Se não posso brincar com as bonecas bonitas?

 

Pulo da cama e vou em correria abrir a porta. Ao fundo ainda ouço "Não corras assim dentro de casa!!". Não ligo! Assim como assim já estou fora de casa! Estes adultos têm cada coisa? Mas de que vale ter estas pernas pequenas e ágeis se não é para lhes dar uso e correr? Prometo que quando for adulta não corro, agora deixem lá eu correr um bocadinho! Por favor...

 

Lá fora, elas estão lá! Uma delas fica sempre à minha espera! Nunca sai de onde está enquanto não me vir sair da casa, a outra aparece pouco depois. Sorrio, tento abaixar-me mas nem preciso, ela adianta-se aos meus passos na sua ânsia por me ver! As duas rimos, abraçadas e felizes por nos encontrarmos após uma noite bem dormida. Sim os cães também riem. A outra aparece para me lamber e dar as boas vindas, ensonada como sempre.

 

Vamos brincar?

Claro! Afinal eu sou criança! E as crianças deveriam todas brincar!

 

Brincamos até ao final do dia. Tentei aprender a andar de patins com a minha vizinha do lado, a mãe tinha-lhe dado uns patins nos anos. É daquelas que recebe presentes no anos! Que sorte! Todas as crianças deveriam poder receber um presente, nem que fosse muito simples. Afinal as crianças são simples como o seu sorriso, para quê complicar?

 

Não tive muita sorte com os patins! Caí de rabo e ainda raspei com o braço na parede. Não foi pelo braço, que com as raspadelas e um pouco de sangue eu posso bem! Mas o rabo ficou a doer-me e decidi tirar os sacanas dos patins antes que ficasse sem a almofadinha para me sentar. Sou criança, mas sei como devo comportar-me quando acho que algo é demais para mim. E patins definitivamente são demais!

 

Claro que não escapei a um valente ralhete ao chegar a casa. A ferida no braço parece ter posto a minha mãe zangada. Ó mãe dá um beijinho no meu braço, afinal sou criança e um beijinho cura quase tudo!

 

Queria prolongar mais este dia, tentar absorver tudo.... mas o dia está a acabar. Adormeço e ainda tenho tempo para um último pensamento "Ser criança é a melhor coisa do mundo!!! E já que é assim porque não tentam os adultos acordar as crianças dentro deles? Juntos podíamos brincar tanto!!!"

 

 

31 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D