Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Há dias....

 

Há dias em que deveria não sair da cama... embora mesmo assim corresse um sério risco de me cair o tecto em cima da cabeça!

 

Hoje foi um desses dias.

 

Desde há uns tempos, talvez com o aumento progressivo da idade, que fiquei madrugadora e uma das razões porque o faço se prende com o facto de ter um canito a precisar de esticar as 4 patas de manhã. Ele estica as 4 e eu aproveito e estico as duas que tenho. Faça chuva ou faça sol eu saio sempre com ele. A nossa pequena volta matinal dura aproximadamente 15-20 minutos, ele sai renovado e eu mais ainda. Há quem diga "Que seca ter que sair com o cão todos os dias!"

 

Não acho seca. E se assim não fosse nunca faria esse tipo de exercício que acaba por ser bom para a minha saúde e ajudar na minha recuperação já de si bem lenta (para quem acompanha o blogue deve lembrar-se deste post).

 

Lá me levanto cedo, arranjo e sigo para a volta matinal, para depois ainda poder descansar um pouco antes de iniciar o meu dia de trabalho.

O cão é companheiro e um querido, todos os dias sigo com ele pela trela que ele sabe que nunca deve puxar, e não o faz quando sou eu que o levo (abusa mais com os meus homens). Hoje, maldita a hora, resolvi  tirar-lhe a trela...

 

Por pura e estúpida burrice minha!! Como ele foi castrado e tem andado a fazer menos exercício (ia tirar pontos amanhã) eu hoje num passeio mais largo em que ele costuma andar  junto a mim, parando pontualmente para cheirar algo interessante mas juntando-se a meu lado rapidamente. Resolvo,  mal passamos a passadeira, estupidamente, tirar-lhe a trela e sem que eu pudesse reagir o tolo sai disparado para cumprimentar um homem, que ele até nem conhece, que estava do outro lado da rua à beira da estrada. Um carro passa e o atropela!!! Vê-lo a ser arrastado sem na poder fazer é de arrepiar a espinha.

 

A senhora do carro não vinha com velocidade (felizmente) mas na travagem brusca as rodas derrapam e apanham a sua pata traseira direita arrastando-a pelo asfalto. Ele ladrou ao carro e para todos os que se tentavam aproximar, saiu correndo a sangrar e aflito. Sem saber para onde ele foi a minha aflição  e preocupação aumentou...

Quanto cheguei a casa para buscar a ajuda de meu marido felizmente o meu peludo estava sangrando à porta de casa ganindo alto e com ar esgroviado. A pata estava de forma que não vou descrever por aqui.

Ele acalmou-se com nossos carinhos e deixou que lhe fizesse um penso compressivo, a única coisa que podia fazer até que que  fosse observado pela Veterinária que já tinha sido acordada por mim e se deslocava à clínica.


Para piorar meu marido tentando meter-lo no carro, e para que o cão não se aleijasse, deu um jeito nas costas e ficou ele também mal... Além disso eu também fiquei pior com estas andanças todas! Há de facto dias em que o melhor era não sair da cama!

Neste momento está ao meu lado gemendo volta e meia. Na Clínica tiraram tecido desvitalizado e que iria necrosar, e ao que parece conseguirão salvar a patinha. Tem uma fractura pouco grave em uma falange e o joelho também parerece ter sofrido, mas nada grave. O pior é que ficou sem suporte de pele nenhuma e poderão mais tarde de ter que fazer um enxerto. Um tendão também ficou afectado.Temos trabalho para um mês e só vendo o que acontecerá daqui para a frente.

 

E ainda há quem hoje me tente apaziguar falando em destino... Garanto-vos, não resulta! Ok?

 

Imagens retiradas da net, obrigada a quem as disponibilizou

31 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D