Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Excesso de ideias...

 

Como vem sendo meu hábito, e enquanto a casa dorme, costumo ler "as gordas" de manhã enquanto tomo o pequeno almoço.

 

Talvez seja um mau hábito já que com tantas más notícias pode dar-me uma indigestão. Além disso, poderá não ser uma boa maneira de começar o dia... mas enfim hábitos são hábitos e este é o meu.

 

E o que li hoje que me fez imediatamente teclar furiosamente?

 

Li que agora que se paga a autarquias, o que eles chamam de "compensação financeira", que tenham menos professores do que os necessários!

O que me leva a uma pergunta que julgo ter lógica.

 

Esta gente terá hábitos bem piores que os meus ao pequeno almoço, não?

Devem de certeza ingerir algo que os faça ter umas ideias bem alucinantes!

 

Trocar humanos por dinheiro. Menos humanos mais dinheiro. E com mais dinheiro e menos humanos, teremos humanos com menos qualidade de ensino, menos tempo dedicado a quem tem mais dificuldade em aprender, menos eficiência no aprender. Menos de tudo portanto. A única coisa que é a mais é o número de alunos por sala de aula.

 

O que eu percebo é que o que está a dar é ter menos filhos. E querem eles aumentar a natalidade... colocar filhos no mundo para ser Governados estranhamente por ideias ainda mais estranhas?

Pessoas que não sabem ver mais longe que um centímetro à frente do nariz?

De qualquer das formas já percebi a ideia de aumento da natalidade. É a promoção de exportação. Claro! Temos filhos para os exportar. Mas se apostarem num bom ensino exportarão "carne humana" com mais qualidade. E nem nisso vêm mais à frente...

 

Neste ensino da caca, perdoem-me a expressão mas é de facto a mais adequada, sobrará quem tem uma capacidade de aprendizagem acima da média e pais que os ajudem em casa. Resumindo, acho que estamos a ir para trás uns tantos anos. E à velocidade da luz!!!

 

O que eu não entendo é uma coisa. Este Governantes andam sempre a citar o exemplo dos Nórdicos mas quando chegam cá fazem exactamente ao contrário!!! O que me leva a uma conclusão. Eles foram fazer férias na neve com dinheiro público.

 

Se fossem mas é fazer férias à Sibéria e tentassem plantar batatas num bananal é que brilhavam! Se bem que o que tentam fazer com Portugal é algo bem parecido com plantar batatas num bananal... e adivinhem que são os bananas?

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub