Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Só mais uma para a enorme conta - (interrupção da noveleta)

Interrompo a continuação da minha noveleta para falar de outra noveleta. O filme do momento sobre o livro sensação "As 50 Sombras de Grey". Ok... já sei, estão fartos de ouvir, ler e até falar sobre o assunto. A mim também me parece um exagero tanto que se disseca e discorre sobre um assunto que nada tem para discorrer nem dissecar.

 

A minha opinião quanto à história mantém-se. Uma simples historieta contada por alguém sem experiência de escrita e que teve um sucesso brutal com uma ideia que ainda vende. Sexo versus tabu.

 

Ao contrário do que tanto se fala sempre me pareceu que é a Anastácia, a "heroína", que mantém o controle sobre Cristian, e vai conseguindo lentamente fazê-lo. Conclui-se mais tarde que ela até gosta de umas palmadas e ele só lhe toca com a sua permissão. Onde está aqui a violência contra a mulher?

Malta, há quem se excite em dar palmadas e há quem se excite por levá-las!! O que se passa na intimidade sexual de cada um, e se tal for consensual, como é o caso, é lá com eles. Portanto parem lá, de extrapolar o que nada tem de suminho que valha a pena.

 

Quanto ao filme. Não ia com nenhumas expectativas. A minha opinião é que deveria ter sido dada liberdade para se adaptar a história do livro para filme e não realizar uma cópia deste para a tela. Talvez se assim fosse o espectador pudesse ter saído a ganhar. Uma vez que, a meu ver, isso retirou a parte do poder de interpretação dos atores. Em alguns momentos, bastantes para o meu gosto, nota-se que estão a representar e não a interpretar. Não sei se me faço entender? Ou seja, os diálogos, e principalmente esses, não saem com naturalidade. Curiosamente as cenas de sexo foram extremamente bem conseguidas! E aí há mais naturalidade.

 

A actriz, Dakota Johnson, está melhor na representação. Para Dornan é notória a sua dificuldade em ser o Sr. Grey. Apesar de ser extremamente agradável vê-lo em grande plano. Nesta fase não o trocaria por outro “Grey”. Há a esperança de à segunda lhe sair melhor, e acho que vale a pena a espera e a tentativa. A banda sonora também dá uma graça ao decorrer da acção e, claro, os móveis de origem portuguesa também fizeram boa figura.

 

Agora permitam-me falar sobre algo interessante. A idade aconselhada para a visualização da película. Dezasseis anos.

Acho curioso que, por exemplo, um filme muito falado pela ridícula aparição de Irina (ex de Ronaldo),  “Hércules”, tenha a classificação de maiores de 12 anos, quando achei que existem demasiadas cabeças decepadas e violência gratuita. O que me leva a pensar que a violência é algo que a nossa sociedade vê de forma mais natural que o sexo. Não. Não estou a dizer que as 50 Sombras possa ser classificado para maiores de 12, o que estou a dizer é que acho que há muito filme por aí cheio de violência que deveria ser para maiores de 16!

 

E pronto. Um filme que nada tem que se lhe diga para que se verta tanta, mas tanta, tinta sobre ele. Há por aí coisinha bem pior, e que sai para o grande ecrã, sem tanto escândalo à volta!

Agora digam-me, alguém estava à espera de uma grande obra da sétima arte com nomeações para Óscar?

Poupem-me…..

fifty-shades-grey.jpg

 

Cinzentas ou talvez não

 

Ok... admito sucumbi à curiosidade e li as famosas "50 Sombras de Grey". Mas tal como o faço com outros livros, só comecei a leitura mal passou o fulgor inicial acerca do mesmo.

 

E confesso mais.Li os três livros! No entanto algumas partes foram mais lidas na diagonal...

 

Sei que não interessa para nada, mas aqui vai a minha critica. Depois de tantas que li, é só mais uma a falar de tão polémico livro.

 

Se tem qualidade literária? Óbvio que não! Então o primeiro livro é para esquecer!! A autora repete-se imenso e, dos três, para mim foi que passei mais partes à frente.

 

Se é erótico? É sim. Mas continuo a dizer que ela devia deixar o leitor ansiar porr ler mais sobre que descreve e não estar exaustivamente a fazê-lo. Mas isso muda um pouco nos outros dois livros.

 

Se Tem muitas práticas de BDSM?

Hummm... pouco sei do assunto, mas não me parece. Grey, o protagonista Adónis prende Anastasia, uma jovem por ele desflorada, uma ou duas vezes, dá-lhe umas palmadas. Uma das vezes exagera porque resolve usar um cinto e ela manda-o às urtigas. Voltam às boas e ela fica com saudades das palmadas e das cenas teatralizadas por eles e que envolvem sexo e algumas fantasias mais exóticas.

 

Não me parece, de todo, tal como dizia uma cónica (que já data de agosto) do Expresso que isso incite à violência!!

Primeiro, todas essas palmadas e essas tendências meio BDSM  (se calhar mais de bondage e nada de SM) que o protagonista assume como estilo de vida têm uma explicação, e essa explicação vai surgindo no decorrer da história e vai-se resolvendo. Ele não mais precisa disso mas eles, como casal, chegam à conclusão que gostam de sexo mais apimentado e algo à bruta, mas não é violento. Tanto que ele se preocupa imenso em nunca a magoar. E se se preocupa em não a magoar onde está a violência? E se ela lhe pede que o faça, que lhe dê palmadas e a acorrente porque gosta que mais querem? Mais! Ele apaixona-se por ela precisamente por ela não se deixar dominar e não ser submissa. E ela vai tentando resolver a mania de controlo que ele tem. Ou será que os que criticam  e que embarcam nestes estudos não leram o mesmo que eu?

 

Mas é engraçado as voltas que deram a esta trilogia, muito parecida a outros tantos romances de botequim não fossem os palavrões e as palmadas ocasionais, encontrei um estudo que a Visão publicou onde chegam ao cúmulo de analisarem a jovem e inocente protagonista! Os investigadores desse estudo, que devia ter sido deveras exaustivo e complicado de realizar, concluíram que a personagem Anastasia sofre vários danos provenientes da relação que mantém com Christian Grey (poupem-me...). Mais ainda, no estudo podia ler-se: "As interacções do casal são emocionalmente abusivas, caracterizadas pela perseguição, intimidação e isolamento". 25% das mulheres são vítimas de violência doméstica e a trilogia "Cinquenta Sombras de Grey" agrava o problema."!!! Jurem?


Onde é que umas palmadas consensuais e sexo picante são violência doméstica?
O tipo, Cristian Grey, tem a mania de controlar e ser um dominador, mas isso é um problema que pertence há própria história e que se resolve durante a trilogia! Cruzes que gostam de complicar o nada!!!!
Será que estes investigadores não terão mais nada a investigar? Olhem por exemplo o sexo dos anjos que ainda ninguém sabe qual é!
A escrita vai evoluindo ao longo dos três livros mas sem se tornar nada de especial. São livros engraçados e que acredito poderem dar uma "incrementada" sexual na vida de alguns. Qual o problema? Nenhum.
Se gostei? Olhem, quem saber? Gostei! Nada são nada e especial, mas dão para distrair. Como não li muitos romances de quiosque este valeu pelos que não li. Não achei uma perda de tempo e voltaria a lê-los. Desculpem lá quem me imagina uma intelectual ou puritana incapaz de ler tais coisas. Aquilo nada tem de especial e é mais o fogo que o lume que na realidade arde! Tentem lá não exagerar!
PS- Aceitam-se sugestões dentro do género literário, mas com mais qualidade. Afinal o Natal está próximo e eu tenho que pensar em presentes ;)
Imagem retirada da net, obrigada a quem as disponibilizou





Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D