Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Fome de adolescente....

Meus caros, para os que têm filhos e em que os mesmos ainda não chegaram à adolescência, preparem-se para ter sempre o frigorífico e a despensa vazia! Ah! mesmo que tenham ido às compras para reabastecer há uma hora atrás...

 

E como ando com preguicite aguda deixo uma bela imagem que ilustra o que eu digo. Umas tiras que valem a pena (daqui)

 

 

sigmund freudfome.jpg

 

 

 

Criança # Adolescente

calvin-hobbes-.jpg

 Quando o meu filho era criança a imagem de cima ilustra na perfeição o que tínhamos que fazer para o levar às compras! Isto quando era indispensável que ele experimentasse a roupa, pois de outra forma eu comprava sem que ele estivesse presente.

 

Agora nesta fase de adolescência?

É vê-lo todo alegre e contente! E nós a termos que colocar um travão senão seria bem capaz de trazer a loja toda!!!

 

Incrível como se operam mudanças no ser humano....

 

Ter um adolescente em casa é....

louçazits.jpg

... existir mais louça na secretária/quarto/WC dele no que na máquina da louça

... ter que contratar uma retroescavadora e grua sempre que queremos ir ao seu quarto

... ouvir-se de 5 em 5 minutos, "achas que esta borbulha está muito mal?"

... teres que te sentar encolhido na mesa de refeições porque as suas pernas estão em todo o lado por baixo da mesa!

... teres capacidade de contar mentalmente de 1 até 400, e de 400 a 1, enquanto respiras fundo e te acalmas antes de responder

... queres estar outra vez com a barriga grande, urgência permanente de esvaziar a bexiga, teres as costelas comprimidas, ter azia, enjoo, pés inchados, andares que nem pata, só para que ele esteja protegido das ofertas maléficas do mundo

... veres roupa dele , bem como as suas sapatilhas, espalhadas por todas as divisões da casa

... os livros da escola estarem em todo o sítio menos na estante comprada propositadamente para o efeito

... ter que desviar a mochila da escola que tem o dom de estar sempre no teu caminho

 

E por fim, é ter tudo isto e sentires-te feliz e grata(o) só porque ele existe

 

 

 

Mudam-se os tempos e as vontades...

crescer.png

 

É tão interessante verificar como os nossos filhos são plenos de mudanças...

 

Em criança, a conversa era:

- Filho vai tomar banho, por favor!

- Não quero, não quero e não quero!

Após alguma luta para o enfiar na banheira , mudava para:

- Filho já chega de banho! Toca a sair da banheira!

- Não quero, não quero e não quero!

Agora, em adolescente , e relativamente ao banho, a conversa é:

- Filho, olha a água a correr que já deve estar mais que quente! Entra de uma vez na banheira!!!

Passadas 1hora e 30….

- Filho ainda não saíste da banheira??!!!!!!!

 

Em criança:

- Come filho!...

Em adolescente:

- Outra vez a comer?!

 

Em criança:

- Filho tens mesmo que experimentar estas calças e esta camisola para ver se serve (isto comigo a correr atrás dele à volta da loja)

Em adolescente

- Mãe só mais uma calça e uma camisola para eu experimentar! Pode? Por favor…. (isto comigo sentada em tudo que é lugar “sentável” e fartinha de ver roupa para ele)

 

Em criança:

- Mãe deixa-me ajudar-te na cozinha! (isto dito todo feliz porque já era grande e podia ajudar)

Em adolescente:

- Ó mãe também estás sempre a precisar de ajuda!!! (isto dito com a cara mais desgraça do mundo!!! Como se pedir ajuda fosse o mesmo que pedir-lhe para ir de joelhos dar a volta à cidade)

 

Em criança, chega a casa:

- Então filho como te correu o dia?

- Blá…blá….blá… blá….blá… blá….blá… blá….blá… blá….blá… blá….blá… (entenda-se por “blá” todo o género de coisas possíveis e imaginadas!!)

Hoje, em adolescente, chega a casa:

- Então filho como te correu o dia?

- É… ( e eu que adivinhe o que quer dizer o “é” e as reticências!)

 


Em criança:

- Mãe e pai querem brincar comigo?

Em adolescente:

- Mãe e pai quando saem para eu ficar com a noite/tarde/manhã só para mim?

 

 

Força aí mães de adolescentes! Choremos nos ombros umas das outras...

 

 

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D