Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Olá estou aqui! (Brecha de Sol)

Foram 9 meses que deixei de aqui vir, daria para se gerar um ser humano!

E provavelmente estaria mais algum tempo sem publicar nada se não fosse um amigo a “acordar” o meu eu meio entorpecido!


Dentro deste tempo que estive ausente muitas coisas me aconteceram, diria mesmo, qual expressão gaulesa, que o céu me caiu em cima da cabeça! Ou se não caiu pouco lhe faltou para o fazer! O pior de tudo foi perder o meu pai para a escuridão da morte com todo o sofrimento que lhe antecedeu.

 

Mas nem tudo foram desgraças, no meio de uma grande tormenta há-de sempre existir uma brechinha de sol. E eu encontrei a minha brechinha em bonecas de pano! Sim. Bonecas que faço à mão, bem… com uma ajuda da máquina de costura, mas tudo euzinha!

E embrulhei-me em penteados de bonecas (tento fazer com o máximo de diversidade), fitas, cores, laços, vestidos, rendinhas, fitas gregas e até uma pequena peça de roupa interior! Não queriam as meninas com arejo inferior, não é?

 

Eu acho-as uma fofura, das fotos que vos deixo já todas têm donas e o nome é dado por elas. Eu não quis limitar as crianças dando eu um nome. Espero que gostem da minha brecha de sol.

 

Vou tentar vir com alguma regularidade ao Blogue, mas nunca será diário. Também tentarei, na medida do possível passar pelos vossos cantinhos, já que estou com saudades. Beijinhos a todos

 

boneca cabelo liso.jpg

Uma das primeiras bonecas

boneca tótós.jpg

Também foi uma das primeiras e ainda andava a experimentar o tamanho. Esta é mais pequena, deixei de fazer este tamanho.

 

 

benedita.jpg

 Esta foi um pedido personalizado para uma menina de três anos, que lhe deu o nome de "Benedita". Este penteado é super demorado.... nem queiram saber! Mas o resultado final vale a pena

 

pormenor penteado.jpg

 O super penteado mais de perto :)

 

pormenor penteado2.jpg

 

 Esta boneca guardei para mim. Foi a segunda a ser feita com alguma qualidade ;)

Isto de ser autodidata e perfecionista é um masoquismo só!!!

Este é o pormenor de uma roseta de crochet, feita por mim, claro! =) Ehehehe

 

boneca caracóis1.jpg

 Esta menina também foi para atender a um pedido específico. O cabelo teria de ser aos caracóis! Apesar de ser algo trabalhoso o resultado merece todas as voltas que se deve dar para fazer um caracol, com lã! Ah! O nome desta caracóis e "Inês"

boneca caracóis2.jpg

 Eu achei que ficou linda! E vocês?

 

 

loirinha tranças 2.jpg

 Adorei trabalhar com este cabelo! O cabelo é em lã virgem, ou feltrada, e dá um efeito espetacular! Não tem arames e dá para colocar as tranças como queremos. Foi das minhas preferidas! Espero que a nova dona também goste muito dela!

 

loirinha tranças1.jpg

Tranças direitas!

 

Agora os pormenores:

 

pormenor de lingerie.jpgSim! Têm lingerie! Não ia deixar as meninas com "arejo" não é?

pormenor de lingerie2.jpg.jpg

 

pormenor finalização.jpg

E este é só para verem que deixo tudo bem "remadatinho"

 

 

Obrigada a quem já tem as minhas bonequinhas em casa, e a quem já me fez encomendas. Espero que elas vos façam felizes tanto como me fez bem fazê-las. Além disso, foi colocado muito carinho em cada confeção.

 

Cão & gato

Quem passa por este cantinho já deve ter notado que sou a menina que tenta salvar todos os animaizinhos que encontra pelo caminho. Tenta... mas não consegue.

 

Como há mais quem conheça essa minha faceta há cerca de dois meses uma amiga telefonou-me dizendo que tinha encontrado um gato em estado de choque num canto, aqui perto na rua. Fiquei com o gato pensando eu que era transitório. O bichano era meigo e notoriamente deveria ter dono. Tinha um dente partido e uma ferida no "lábio", de resto aparentava estar bem tratado e de boa saúde. Segundo a minha opinião, e da veterinária a quem levei, ele ou teria caído de uma varanda ou levado uma pancada de um carro. Espalhamos cartazes pela região, incluindo os supermercados, bem como avisos via FaceCoiso. O dono não apareceu... e o gato foi ficando...

 

Cá por casa também já há um cão que está com dois anos. Apesar de eu achar que depois do meu primeiro amigo canino nos ter deixado eu nunca mais conseguiria ter outro. Mas quem gosta deles gosta...

Com este nosso 4 patas eu sabia que não existiria problema, é super meigo e está habituado a brincar com o gato da minha vizinha. Mas e o gato? Tanto quanto sei gato e cão não é uma mistura frequentemente pacífica.

 

Bem... o gato ficou no segundo andar da casa e desceu quando se sentiu com coragem. O que não tardou. Em duas semanas estavam assim,

Tobias Gato dormem juntos.JPG

Brincam como se tivessem sido criados juntos! Ambos têm bom feitio.

 

É a primeira vez que convivo com um gato em casa e estou a aprender a lidar com felinos. E são estas as coisas que já aprendi,

  • Miam que se fartam quando querem algo. E o miar é para lá de aborrecido, principalmente quando parece que os estão a esfolar vivos só porque querem comida!
  • Limpar a caixa de areia faz-me lembrar um campo minado! Nunca sei onde vai rebentar uma mina!
  • São mais senhores de si
  • Descobri o sentido da expressão "A curiosidade matou o gato". É que são tipinhos para meter o bedelho em tudo!

  • São mais difíceis de treinar que um cão. Não porque não entendam, ou sejam burros. Apenas porque entendem o que querem!
  • Têm uma agilidade impressionante
  • Conseguem ter uma postura aristocrática invejável
  • Têm uma elevada auto estima. Deviam dizer a um gato para escrever um livro de auto ajuda!
  • Ah! A expressão "Gato escondido com rabo de fora" também ganhou dimensão,

 

gato rabo de fora.JPG

 

 Apesar de gostar de todos os animais considero que sou pessoa de cães. Acho que fazem um esforço para nos perceber, para chegar mais perto de nós. Talvez seja por isso que me dizem que os gatos são mais independentes. O que acho é que são é muito espertos. Obtêm o que querem e só dão o que lhes dá na veneta. Os cães dão tudo o que têm! 

 

Mas que o raio do bichano tem piada, lá isso tem!

gato cadeirão.png

 

 

Bata & Batom & ... O meu presente de aniversário!

"Hoje, fui desafiada, por alguém alheio à blogosfera, a dedicar algumas palavras à BB, autora do blog Bata & Batom, no dia do seu aniversario. Este é um pequeno mimo com o qual quero presentear e parabenizar nesta data tão especial a cidadã da blogosfera, merecedora dos mesmos amor e alegria que a definem e caracterizam."

 

Abri os olhos devagarinho e pude vê-la. Com todo o seu amor a olhar para mim. Não conseguia dizer-lhe que a amava, ainda não. Não consegui dizer-lhe que iria dar-lhe o meu primeiro sorriso, que ela iria sustentar os meus primeiros passos, veria o meu primeiro dia de escola, o meu primeiro namorado e o meu primeiro beijo!

Sem ela eu não cresceria, não estaria aqui. Não iluminaria o dia de alguém.... de muitos alguém! Sem ela eu hoje não receberia esta festa surpresa na blogosfera! Sem ela eu não teria uma amiga que adora ver-me sorrir. Sem ela o mundo não me conheceria! Um sorriso a ti. Um sorriso à vida!

 

Parabéns querida BB pelos anos que fazes de vida e que dás ao mundo o teu sorriso e à Blogosfera o ar da tua graça! E pode ser que um dia andemos juntas de Bata e Batom

 

flores campo.jpeg

 

Despeço-me....

Só.jpg

 

 Sou uma pessoa que durante a vida já teve que se despedir de diversas coisas, pessoas e lugares. Aprendi a não me prender demasiado a nada. Sobretudo a lugares. Já as pessoas é algo que me custa deixar para trás.... Mas com o tempo também percebi que as verdadeiras amizades nunca acabam. Surgem novas e as antigas ficam sempre com lugar cativo.

 

E fiz muitas amizades ao logo da vida que fui deixando espalhadas pelo tempo e por vários lugares.

 

Chegou pois a hora de me despedir mais uma vez.

 

Obrigada por tudo o que partilharam comigo. Tudo o que me fizeram aprender e todo o carinho que me deram este ano. Um ano preenchido de mudanças, umas melhores outras piores, mas onde nunca estive só nem me senti só. Vós desse lado e alguém sempre ao meu lado.

 

Que o novo ano que virá continue a trazer-me com quem partilhar. É disso que é feita a vida.

 

Um feliz 2015 e despeçam-se de 2014 com alegria, sabendo que para traz fica o que nos identifica. As recordações....

 

E até para o ano

Como afastar a má onda?

Há dias, e fases, em que nos sentimos com falta de energia, tristes, cansados, maçados,... olhamos para tudo com desânimo e parece que vimos tudo cinzento. 

 

Mas há sempre um outro olhar e sempre algo que nos possa fazer bem. Há quem saia para as compras, o que nesta época de crise se torna complicado. Há quem prefira o sossego de uma mantinha no sofá e um filme comédia-romance. Ainda há os mais agitados que preferem esquecer tudo no exercício e esfalfam-se como se não houvesse amanhã, cansam o corpo e distraem a mente.

 

Comigo resulta muito bem, digamos que é o melhor remédio para os meus males, um abraçinho e um beijinho e quanto mais sentidos melhor!

 

E agora, digam-me lá se um beijo assim não vos faria afastar todas as nuvens cinzentas do caminho e soprá-las com ventos fortes?

 

 

 

 

 

 

 

Foto de Abdullah Sholeh e o seu amigo de 180 kg (leram bem) Mulan Jamilah. Foto retirada da net e notícia aqui

 

 

 

 

 

Abraços, beijinhos e palmadas.

Imagem daqui

 

Não vou falar da miúda que abraçou o polícia e muito menos de práticas sádico-masoquistas. Vou antes divagar sobre algo que tenho apreciado, e que se vasculhar por aí já deveria ter dado algum estudo sociológico ou psicológico. Daqueles estudos que o cidadão mais atento consegue fazer mas que não se decide a pô-lo no papel, são estudos da vida, estudos de observação.

 

E o que tenho observado é  forma como os seres do sexo masculino se cumprimentam, e reparo que o grau de aproximação que mantém no cumprimento é relativamente proporcional ao sentimento que nutrem pela pessoa cumprimentada. Se estamos a falar de tipos que se conhecem casualmente surge um aperto de mão, simples, conciso e curto.

 

Se, entretanto, já foram tomar um café e já se viram mais uma vez ou duas, além do aperto de mão, mais demorado, à despedida surge também uma palmada no braço.

 

Entretanto a relação de amizade evolui, e os apertos de mão são demorados e a palmada passa do braço para as costas! E aqui falo de uma palmada "à macho!" que no mundo feminino pode ser interpretado como "murraça valente". E é nestas horas que eu dou graças por não ser homem e a andar à porrada disfarçada e consensualmente. É por isso que as brincadeiras dos rapazes é "andar à porrada" é uma preparação para o cumprimento masculino.

Também anadam à porrada à séria, mas essa não é consentida e não entra no âmbito deste estudo.

 

Falando de amigos de infância, e que se vêm de longe a longe, além de um olhar demorado, a mirar-se como que a medir a força, aperto de mão forte e demorado, a seguir vem um GRANDE ABRAÇO, daqueles de deixar mossa!!

 

Livra! Que ser homem deve ser difícil! Agora já percebo o porquê das dores nas costas ao fim do dia!!!

 

Eu tento compreender a grandiosidade da força masculina adaptada ao cumprimento, mas os homens são definitivamente de Marte!

 

Os beijinhos são só para difarçar, que entre homens só amigos não há cá dessas coisas!!!

 

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D