Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Eu espero... tu esperas... ele ....

Imagem da net alterada por mim, obrigada a quem a disponiblizou

 

A nossa vida é feita de esperas...

 

Esperamos para nascer ao mesmo tempo que quem nos carrega no ventre espera que nasçamos.

Esperamos ansiosos resultados de exames, entradas em Universidades...

respostas aquela entrevista de emprego.

Esperamos na fila do autocarro, na fila do supermercado, na fila do cinema, do teatro, ... às vezes acho que o mundo é uma fila gigante!

Esperamos que o mundo mude...

Esperamos...

 

Agora, depois de tanta espera, muita dela até necessária. Alguém me explica porque é que apesar de ter uma hora marcada para consulta os Senhores Doutrores NUNCA chegam a horas?!!! Se há coisa que eu não entendo é essa! Será que é requisito para o curso de medicina não se saber as horas? Será uma das perguntas de entrada?

Ou será  que no juramento de Hipócrates eles dizem algo mais que aquilo que se divulga? Humm... acho que a coisa é mais assim:

 

"Prometo solenemente consagrar a
minha vida ao serviço da Humanidade.
Exercerei a minha arte com
dignidade e consciência.
A Saúde do meu Utente será a minha
primeira preocupação.

(...)

E prometo solenemente nunca chegar a horas a nenhuma consulta.

Prometo também que tentarei que o meu atraso excededa sempre os 30 minutos,

caso isso não aconteça chegarei mais atrasado na próxima consulta.

Comprometo-me ainda que se, por acaso, algum dia existir algum sinal precursor de que cumprirei algum horário de consulta

farei tudo ao meu alcance para que isto não aconteça.

Nenhum horário que tenha marcado para consultas, nos diversos locais onde trabalho, será respeitado!


Faço estas promessas solenemente,
livremente e sob a minha honra."

 

A explicação só pode ser esta e nem me valerá a pena tentar procurar outra. Verdade?

Irra!

Tempo igual para todos

Imagem retirada da net, obrigada a quem a disponibilizou

 

Hoje vou ser mulher de poucas e sucintas palavras.

 

E deixo umas questões aqui para os visitantes deste humilde espaço

 

Porque é que a interpretação do tempo, das horas, dos minutos e dos segundos não se faz de igual forma pelos homens, pelas mulheres e pelas crianças???

 

Deixo alguns exemplos que elucidarão o porquê desta dúvida que me tem perseguido e para a qual espero encontrar uma resposta e uma ajudinha, se puderem fazer o obséquio de facultar, claro.

 

Exemplo verídico de um diálogo entre mulher e homem:

 

Mulher - Então querido demoras muito? Já estou à espera no estacionamento com o carro!

Homem - Nada. Meio minuto.

 

Meio minuto!?? Ora bem, meio minuto são 30 segundos! Alguém acha que em 30 segundos se consegue arrumar o portátil na mochila, canetas e mais umas coisas, provavelmente ainda parar para dizer um "até amanhã" a quem passa, andar uns 500 metros, subir umas escadas e andar mais 100m??? Acham?

Pois, eu também não.


Vamos a mais um exemplo.

 

Mulher - Querido posso começar a fazer o jantar? Achas que ainda demoras?

Homem - Hummm... talvez meia hora e ainda te vou ajudar!

 

Meia hora...35 minutos... 45 minutos... 1 hora... jantar na mesa...

 

Mulher -Então? O jantar?

Homem - Opsss!!! Desculpa...

 

Se vocês soubessem o que poupavam em flores e amuos se conseguissem ver as horas....

 

Continuando em exemplos, desta vez focando o fenómeno na criançada.

 

-Filho! Desliga o computador/televisão/pára de brincar e anda ajudar a mãe.

- Já vou..

-Agora!!!

- Mãe 5 minutos. Ok?

- Vá lá, pronto. Sejam 5 minutos então.

 

5 minutos... 10 minutos... aos 15 está a vir a "toque de caixa"!

 

Outro diálogo típico.

 

-Filhote acorda! Tens escolinha despacha-te senão chegas atrasado!

- Está bem mãe! Hoje despacho!

 

Hahahahaha.... Hoje despacho!... hahahaha

 

Era bom!

 

E não adianta acordar mais cedo! Há sempre uma volta que eles têm que dar a mais para acabarmos sempre a correr desaustinados para a Escola!

Afinal para que serve ensinar as horas à pequenada se depois o tempo só funciona como eles querem? Ou como eles pensam que devería funcionar e não funciona na realidade.

 

Bem, continuo a tentar arranjar respostas para as minhas questões, embora duvide que exista alguma com lógica por aí

 

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Posts mais comentados

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D