Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Excesso de ideias...

 

Como vem sendo meu hábito, e enquanto a casa dorme, costumo ler "as gordas" de manhã enquanto tomo o pequeno almoço.

 

Talvez seja um mau hábito já que com tantas más notícias pode dar-me uma indigestão. Além disso, poderá não ser uma boa maneira de começar o dia... mas enfim hábitos são hábitos e este é o meu.

 

E o que li hoje que me fez imediatamente teclar furiosamente?

 

Li que agora que se paga a autarquias, o que eles chamam de "compensação financeira", que tenham menos professores do que os necessários!

O que me leva a uma pergunta que julgo ter lógica.

 

Esta gente terá hábitos bem piores que os meus ao pequeno almoço, não?

Devem de certeza ingerir algo que os faça ter umas ideias bem alucinantes!

 

Trocar humanos por dinheiro. Menos humanos mais dinheiro. E com mais dinheiro e menos humanos, teremos humanos com menos qualidade de ensino, menos tempo dedicado a quem tem mais dificuldade em aprender, menos eficiência no aprender. Menos de tudo portanto. A única coisa que é a mais é o número de alunos por sala de aula.

 

O que eu percebo é que o que está a dar é ter menos filhos. E querem eles aumentar a natalidade... colocar filhos no mundo para ser Governados estranhamente por ideias ainda mais estranhas?

Pessoas que não sabem ver mais longe que um centímetro à frente do nariz?

De qualquer das formas já percebi a ideia de aumento da natalidade. É a promoção de exportação. Claro! Temos filhos para os exportar. Mas se apostarem num bom ensino exportarão "carne humana" com mais qualidade. E nem nisso vêm mais à frente...

 

Neste ensino da caca, perdoem-me a expressão mas é de facto a mais adequada, sobrará quem tem uma capacidade de aprendizagem acima da média e pais que os ajudem em casa. Resumindo, acho que estamos a ir para trás uns tantos anos. E à velocidade da luz!!!

 

O que eu não entendo é uma coisa. Este Governantes andam sempre a citar o exemplo dos Nórdicos mas quando chegam cá fazem exactamente ao contrário!!! O que me leva a uma conclusão. Eles foram fazer férias na neve com dinheiro público.

 

Se fossem mas é fazer férias à Sibéria e tentassem plantar batatas num bananal é que brilhavam! Se bem que o que tentam fazer com Portugal é algo bem parecido com plantar batatas num bananal... e adivinhem que são os bananas?

 

 

 

O verdadeiro significado

 

Para mim cada palavra serve para identificar, para classificar, contendo em si o significado de algo. Foi isso que me ensinaram na Escola e é isso que leio no dicionário sempre que busco o que determinada palavra quer dizer.

 

Por exemplo, vejamos o significado de "solidariedade"- que agora fica à distância de um clique, bem aqui no teclado, ficando eu poupada de me deslocar até à estante e levantar o dicionário, como tal encontro isto no dicionário Priberam;

 

1- Qualidade do que é solidário;

2- Dependência mútua

3- Reciprocidade de obrigações e interesses

4- Direito de reclamar para só si o que se deve a todos

 

Do que eu entendo solidariedade é um acto livre que implica uma certa reciprocidade. E alguém me explica porque é que deram o nome de "contribuição extraordinária de solidariedade" ao novo corte nas pensões acima dos 1000 euros?

 

Mas está bem, é um acto solidário de tirar a quem tem pensões com valor razoável para dar quem tem menos.

 

Então sejam solidários senhores políticos e troquem os Audis e BMWs do parque automóvel, pago com o dinheiro de todos, por carros mais baratinhos. E já agora recusem, como acto solidário, aquelas valentes ajudas de custo que ainda não percebi para que servem, afinal qualquer deslocação é paga com dinheiro de todos, comidinha presumo que também... onde enfiam tanta ajuda de custo?

 

Ah! Já agora os bancos que sejam solidários também.

 

Entremos todos numa grande onda de solidariedade. Ok?

 

Gostava de ver outra vez a cor do meu subsídio de férias e de Natal, sejam lá solidários faxabori.

 

 

A dívida

Como ando com poucas ideias e vontade de escrever, vou ser curta e grossa.

 

Reestruturar ou não reestruturar eis a questão?....  A questão que manifestamente preocupa agora muitas personalidades.

 

Agora eu coloco outra?

Só agora!?!????

 

 

 

Eu até fazia outras tentativas, mas já perdi a paciência....

 

Imagem retirada da internet, obrigada a quem a disponibilizou

 

Cativo

 

Poderia falar na palavra "Cativo" falando de sedução e de amor. Estar cativo de alguém, e com alguém é procurado por muitos. Mas a palavra não me traz para falar de amor, mas sim de prisão, de subjugação, de quase escravatura!

 

Conto que nos próximos anos, e dado a que Portugal é um país com invernos rigorosos, o que agrava o facto de viver no esquecido Trás-os-Montes, trabalharei para aquecer. E como eu muitos mais. Para aquecer e ter comida à mesa, pouca comida que isto não está para farturas, e quem vai às compras sabe como se gasta muito em quase nada!

 

E porquê estou eu assim tão pessimista?

Porque sempre recebi uma ninharia para tudo o que fazia. Porque sempre trabalhei e fiz por trabalhar bem! Infelizmente, e por motivos de saúde não faço tanto como fazia, mas faço e farei enquanto me mexer! Mas sabem o que me irrita mesmo? O que me irrita é que eu tirei a porcaria de um curso superior, tenho uma profissão de risco, uma profissão que me obriga a reflectir todos os meus actos sob pena de arriscar o bem de outrem! E mesmo que não fosse essa a minha profissão haveria de ser outra que me colocaria a falar da mesma forma! A menos que o sol brilhasse no meu digno traseiro eu seria como tantos outros que verão mais uma vez o seu salário reduzido! E porquê?

 

Eu digo. Porque estamos cativos. E não cativos por amor! Cativos por estupidez, por falta de tacto, por burrice em eleger sempre quem em nos enterre! Cativos de ideias esclavagistas vindas dos lados de Bruxelas que acham que os salários da Função Pública ainda podem descer entre 2% a 5%!!! Mas não será mais fácil darem-nos logo uma paulada final e acabar com este tormento de ter esperança?

 

Pensamento ignóbil destas gentes do povo que acham que podem chegar ao fim do mês e economizar! Quem pensam que são para terem direito a gastar dinheiro superfluamente em roupa, que não seja comprada em lojas de "chinês" ou em feiras? Como é que podem achar que podem ir ao cinema, ao teatro e comprar livros! Ó gente incapaz que não sabe que só alguns têm direito à vida e que aos outros é dado o direito de tentar sobreviver!

 

Eles cativos dos outros e nós cativos deles... Tudo isto porquê?!? Porque somos "lixo" e sempre o seremos! E até parece que gostamos e fazemos de um tudo para continuar a ser!

 

 

Imagem retirada da internet, obrigada a quem a disponibilizou

Estávamos enganados.

Um pastor Polaco descobriu que um cachorrinho, lindo e parecido com um Pastor Alemão, que ele adoptou como cão para pastorear seu rebanho afinal não era um cão mas sim um lobo!

 

Embaraçado, o senhor lá telefonou para as autoridades responsáveis para o devolverem ao meio selvagem. E ainda confessou, «...quando ele uivava todas as noites, percebi que tinha feito um tremendo erro...». Coitado, ficou sem cão mas ao que parece com o rebanho inteiro!

 

Hummm... será que pessoal por aqui também não estará a estranhar estes dois anos e pico de uivos?

 

 Para que estado selvagem é que poderemos tentar enviar este coelho transformado em lobo?

É que este rebanho já está mais do que fanado....

 

 

 

Ps- Imagem retirada da net e manipulada por mim, obrigada a quem a disponibilizou

Meio gás...

Imagem retirada da net, obrigada a quem a disponibilizou

 

 

Quando preciso de cozinhar qualquer coisa ligo o fogão gás inteiro!

 

Se o que pretendo é uma mudança a sério, ou seja, é transformar alimentos crus, intragáveis e completamente desenxabidos em alimentos que se consigam trincar e degustar, eu ligo o fogão como deve ser! Mas se o pelo contrário só preciso amornar a coisa e dar-lhe uma aquecedela, que não transforma o alimento, nesse caso, eu ligo o fogão a meio gás. É quase como se não o ligasse de verdade. Está ali aquela chamazita meio adormecida, que precisa de uma agitadela para fazer algo que valha a pena!!!

 

Alguns alimentos refilam! Gostam de ser aquecidos e gostam de transformação à séria! Esses até tentam convencer o resto da maltosa alimentar que a coisa precisa mesmo de gás a fundo. Nesses casos, parece que anda sempre alguém atrás de extintor na mão a diminuir o fogo. Mas tenho dúvidas se o tal fogo se deveria acender assim... Para a próxima há que pedir autorização antes de andar a foguear onde não se deve!

 

Eh! Páh! não sei porquê esta conversa toda de alimentos, fogão e meio gás me lembrou a greve! Porque será?

 

Nada mudou, nada se fez, nada se faz que leve a uma mudança para que o raio dos alimentos se transformem!

Acho que vamos continuar a comer cru e a calar! Que adianta? O pessoal tem bom dente e gosta de alimentos assim! Aguenta!

 

Pelo menos existiu um record de detenções de pessoal que parece que gosta mesmo é tentar aquecer a coisa a gás inteiro!

 

E "prontos" lá foi mais um dia que não mostrou nada ao "chef" e aos seus cozinheiros aprendizes....

É....

Imagem retirada da net, obrigada a quem a disponiblizou

 

 

É tramado....

 

É tramado querer, TER, que chegar a um determinado encontro cedo e acontecer sempre algo a atrasar...

É tramado depois de estares atrasado ainda teres que andar às voltas porque não há lugar para estacionar.

É tramado deixar passar alguém no trânsito e essa pessoa não se designar a fazer um aceninho a agradecer.

É tramado nunca encontar o que procuro no momento em que preciso MESMO!!

É tramado só ter lugar sentado logo ao lado daquela pessoa que tem aquele perfume que tu odeias, "Suorel Nº10"!

É tramado existirem muitas pessoas a usarem esse perfume...

É tramado teres um dia de cão e uma noite de coruja!!

 

É fodid* chegar ao fim do mês com a conta a zeros... alguém tentou e nos conseguiu tramar!

A verdade

Ok... vou voltar à carga, mas realmente não dá para ficar calada! Se tentarem amordaçarem-me e prender-me a uma cadeira talvez eu me cale e fique quieta, caso contrário as tentativas continuarão em busca da tal "utopia".
Encontrei no blogue "Diário do Purgatório" um vídeo deveras interessante e que vale a pena, não perder, mas ganhar tempo, a visualizá-lo, ouvi-lo e reflectir...
Reflectir na nossa responsabilidade quanto a isto,
Num enxerto de uma entrevista, questionado sobre os casos que denunciou e se conseguiu que algum chegasse ao fim  o Sr. Paulo Morais respondeu o seguinte ,
"O Ministério Público tem apreciado e é com alguma perplexidade que vejo alguns arquivados, como o do Metro do Porto. Em determinado momento o Metro do Porto resolveu adquirir uns terrenos no Campo dos Salgueiros. Estavam avaliados na ordem dos 5 milhões de euros. Mas o Metro decidiu pagar quase 9 milhões por um terreno que sabia valer menos de 5 milhões. Fiz uma denúncia, apresentei documentos oficiais, avaliações, actas do conselho de administração do Metro, e o MP entendeu arquivar o processo porque não sabia onde estavam os 4 milhões de euros sobrantes. O povo português foi roubado em 4 milhões só naquele negócio."

 

Ainda acham que andamos a viver acima das possibilidades????

 

Fala também de algo muito estranho para alguns, mas que faz todo o sentido -  "Transparência Orçamental" -

Para onde vai o nosso dinheiro? Onde é gasto? Onde estão as continhas todas? Sim! Digam lá quem andou a viver acima das possibilidades?

Tudo pretinho no branco, afinal quem não deve não teme. Eu também apresento as minhas contas, porquê não saber o que é feito de todo o dinheiro que é público?

 

Mas tento deixar aqui uma reflexão.

Deixamos isto acontecer porquê?

 

Tal como comentei no blogue acima referido,  "... os que "roubam", os corruptos, e têm poder, ensinam a outros que roubar significa subir e que subir pisando na cara dos pobres é a lei natural. Até os pobres acreditam nisso e é uma das razões porque continuam pobres!", esta é uma frase de um livro "Trash - Os Rapazes Do Lixo", mais um que explora a corrupção

 

Pensem... vejam se a responsabilidade não é nossa?

Será que não valerá a pena lutar por uma sociedade melhor?

Será que não valerá a pena tentar ser diferente?

 

E em pequenas situações todos vamos sendo roubados... agora somem, pequenas e grandes!

 

Mas eu que sei?

 

Sou uma pulga. Mas a verdade é que muitas pulgas juntas chateiam {#emotions_dlg.blink}

 

 

 

 

Terrorismo em Portugal!

Eu bem tento não escrever sobre crise, política e sobre a situação cada vez mais caótica do nosso país. Mas o título deste blogue irá certamente fazer com que me perdoem por hoje voltar a escrever sobre o tema.

 

O que me fez perder as estribeiras foi toda esta polémica à volta do pré aviso de grave dos professores para o dia dos exames nacionais.

 

A associação de pais ontem veio pedir aos professores que reconsiderem o dia de greve.

 

Nuno Crato numa entrevista à TVI 24 referiu que também é professor! E não se lembra de ter feito greve em época de exames, refere que os professores  não estão ser correctos, e que esta greve não os irá beneficiar. Refere ainda que “Estamos dispostos a toda a negociação, mas este tipo de atitude, que é tomar como reféns os nossos alunos, é algo com que não se deve brincar”.

 

Tenta assegurar a presença dos professores nos exames com recurso a serviços mínimos. Além disso, atira agora com "recurso civil", algo que todos sabemos, assim como a FENPROF, ser uma impossibilidade legal, e uma corrida contra o tempo!

 

Ora bem, cá vai e depois fuzilem-me a seguir.

 

Primeiro o Sr. Nuno Crato enganou-se, ele não é professor. Ele foi professor e está com amnésia! Ele é um POLÍTICO! E dos que sabe muito bem dar a volta! Dos que percebe de psicologia e que sabe o povo que tem. E que povo tem ele?

 

Pois, aí é que reside o cerne da questão!

 

O meu filho pertence ao grupo de alunos que é "refém" dos novos terroristas. Os professores.

 

No entanto, não me parece que os alunos estejam a ser usados como reféns.

 

Será que não existirão por aí pais que têm férias marcadas? E isso lhes irá alterar o esquema? Se é chato? Ó páh! Claro que é! Afinal a nossa vida depende das férias, vivemos todos o ano para elas! Não pensamos em "mai nada" nesta altura! 

 

 

Mas meus caros, os professores não deviam estar sozinhos nesta luta, que diga-se de passagem já se percebeu que é totalmente inglória.

Mas arre! É uma luta legítima! Os pais deveriam estar com os professores!

Os pais deveriam reivindicar melhor qualidade de trabalho para quem educa, acolhe e está com os seus filhos diariamente! Para com quem lhes dá conhecimento e muitas vezes, volto a pedir desculpa pela minha grande boca, mas muitas vezes quem lhes dá carinho, o único que recebem durante o dia!

 

Mas em vez disso vemos pais contra professores, os terroristas do momento! E o que é que o Governo, na figura do Ministro, faz? Aproveita-se disso e joga muito bem a sua cartada! A estocada final!

 

Recurso Civil?

 

Sabem o que é que acho que TODOS os professores deveriam fazer?

Não irem! Mesmo com o tal Recurso Civil! As lutas são assim. UNIDOS! Até ao limite!  E digam-me, não chegamos ao limite?!?

 

Neste país temos uma guerra civil encapsulada, disfarçada, do género virtual, e este, e todos, os Governos sabem disso! E aproveitam-se disso, jogam com isso! Dividir para reinar!

Funcionários públicos versus Funcionários do privado

Professores versus pais

Ricos versus pobres

...

 Ao que parece não somos todos Portugueses!

 

E isto não é assim tão simples quanto parece!

Com mais esta luta inglória, com mais esta divisão da população vamos dilacerando os direitos de cada um. As lutas de cada um que deveriam ser de todos!

 

Com mais esta divisão vamos quebrando tudo aquilo que ainda poderíamos conquistar! Mas não! É mais fácil apontar o dedo, não é.

 

Pois é assim, o meu filho vai fazer exame e tanto está preparado para um dia, como para outro!

 

Tentamos nunca criar demasiado nervosismo nele em relação a exames pois sabemos que isso pode ser contraproducente. Ele não é um refém. Não dos professores. Ele está a ser usado como escudo no rompimento de direitos que agora são de uns e amanhã podem ser de todos! Mas é mais fácil olhar para o nosso umbigo! É mais fácil ver o que nos dá jeito a nós, e só a nós!

 

Não sou professora. Mas sou mãe e estou na luta para melhores condições de trabalho para aqueles que estão com o meu filho todos os dias! Luto para que a educação seja vista como um investimento, SEMPRE!

 

 

Imagem retirada da net, obrigada a quem a disponibilizou

 

 

 

 

 

 

 

O que deve existir é motivação!

 

Imagem retirada daqui

Descobri que os Funcionários Públicos destes país são a ralé! Os perseguidos.

Perseguidos pelo Governo que lhes atira a matar e perseguidos por alguns funcionários do privado que só sabem olhar para os direitos dos outros e desejar o mal destes. E que não sabem reclamar dos direitos que acham justos para si.

Descobri que é pecado ser funcionário público. Quem o é deve ter vergonha! Não vale nada.

Como pode ser? Só trabalhar 35 horas? Como pode ser ter ADSE? Algo que paga todos os meses que que muitos parecem fingir que não sabem. Como pode ser serem os da linha da frente sempre que há que tirar dinheiro a alguém. Vão-se os subsídios, vai-se reforma, vai-se o dinheiro a voar no fim do mês, vai-se o emprego, vão-se as indemnizações, cria-se um pseudo-despedimento com uma coisa chamada “mobilidade especial”!! Especial só se for na lata e na falta de vergonha! E ainda tem a audácia de afirmar que as alterações previstas para a função pública devem ser vistas num conjunto de oportunidades de rescisões amigáveis. Amigáveis?!? Oportunidades?!? Lá vê o homem o raio das oportunidades! Eh Páh! Eu quero os óculos que ele usa!

E acha que para os que ficam deve existir motivação?!?

E isso vende-se onde? Existe disso por aqui? É que digam-me onde se encontra, porque estou a precisar. Estou a precisar de resmas dela!!

Mas o que mais me irrita nem é o senhor Passos, nem os senhores iluminados que o acompanham, coitados os senhores estão a fazer aquilo ao que vieram, arrumar a casa a maneira deles. Põem o lixo para debaixo do tapete, mas quem anda em cima do tapete e não vê o monte que lá está que se queixe ao tropeçar.

E ao que parece não se quer saber do monte, nem dos tropeções. Ou quer, mas é só para mandar uns bitaites na televisão, umas previsões aqui e acolá e uns artigos acesos para o Jornal. O que me irrita mesmo, é toda esta cambada de gente que parecem uns cordeirinhos e que deixam que sejam eles o lixo a ir para debaixo do tapete!!! Não é o Passos que devia ter vergonha! Nós é que devíamos ter vergonha!!!

Mas tentar fazer algo dá trabalho e acordar dá mais ainda… deixem lá, quando estourar estourou e para já ainda só estouram os outros. Ao que parece a generalidade dos cidadãos ainda está na boa!




Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D