Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Vai um cafezinho?

 

Nesta altura estarão a perguntar para que raio é que esta tipa colocou ali uma chávena suja? Já lá vamos.

 

O ser humano é um eterno insatisfeito. Isso não é novidade. O interessante é que gosta, e procura saber mais e mais sobre aquilo que, a meu ver, é impossível prever, o futuro! Mas muitas vezes nem é só o futuro que se quer prever mas até mesmo saber mais sobre o presente. Ou então controlar. O ser humano adora possuir o controle das situações! Controlar os amores, os infortúnios, as doenças que aparecem, controlar os outros, algumas situações... enfim... E para isso é engraçado ver como proliferam os astrologistas, astrólogos, cartomantes, e por aí vai. Na minha última visita ao Porto numa das ruas, paralela à Avenida da Boavista e muito perto da Casa da Música, chamou-me a atenção um cartaz colocado mesmo à beira da estrada com umas estrelinhas e luas. Podia ler-se, além de muitas outras coisas, o que indicava uma certa versatilidade, que  se praticava a cafeomancia.

 

Cafeomancia!?

 

Isso permitiu-me saber algo mais sobre o presente e o que se passa à minha volta. Não. Não fui aquela casinha. Fui ver o significado da palavra, para mim misteriosa, manifesto a minha ignorância. Então de que se trata? Pois bem segundo a maravilhosa Wikipédia, que tudo sabe, esta prática, que em tempos remotos era usada por Sultões, nada mais era que realizar a "leitura" das borras de café! E esta leitura permitia prever qual a Odalisca escolhida para essa noite. 

 

Pergunto-me como é que fazia essa leitura? Talvez dependesse da quantidade de borra. Muita borra, a mais feia. Menos borra, a mais jovem e  bonita. E borra assim assim, a escolhida era a que não era carne nem peixe!

 

Nos tempos de hoje, e ao que parece, deverá usar-se a intuição e a imaginação (muita imaginação!!!) para proceder à leitura da borra. O chamado "Oráculo Negro". E claro, esse oráculo dá informações sobre o presente. Ao que parece ninguém está suficientemente informado sobre o que se passa à sua volta. E é mesmo o formato da borra à volta da chávena que indica o presente. E saberão se são traídos, se têm que trair, se são boas pessoas ou umas pestes. Ninguém é um verdadeiro conhecedor da sua própria personalidade e ficam mais sossegados quando é alguém a dizer-lhes como são (por isso os livros dos singos de vendem tanto!). Se têm que mudar o seu rumo de pensar, muitos "Ses". E no fundo da chávena estará o futuro. As tais previsões. Mas porque é que não se contentam só com a previsão meteorológica? Já sei, estão fartos de chuva?

 

A quem beber café com borra peço que tentem lá ver o sol. Por favor.

 

Ah! Deixo alguns conselhos que encontrei num dos muito locais que falam sofre a cafeomancia. Achei interessante o processo, para quem quiser aventurar-se a aprender a ler borra aqui vai:

 

Material usado.

  1. Pó de café. Presumo que ofereçam lá no sítio
  2. Açúcar. Essa fiquei na dúvida, e para quem for diabético?
  3. Uma chávena e um pires branco. Deve facilitar a leitura

Como fazer:

- Preparar o café procedendo à mistura dos ingredientes, uma colher de sopa de cada. E colocá-los a ferver numa panela em lume brando. Não queiram esturricar logo a borra. Ah! É importante que se deixe ferver por três vezes. Ou seja, ferve. Desliga. Ferve. Desliga. Ferve. Desliga. E já está!

 

 

- Em seguida, colocar o café numa chávena de louça branca, sem relevo ou desenho. Percebe-se porquê... e deixar repousar por alguns minutos.

Passado este tempo, beber o café lentamente (até porque não deve querer queimar-se), concentrando-se em seu pedido ou numa pergunta desejada (Conselho: Não perguntem como tirar o Passos do Governo. É pergunta desperdiçada)

 

- Quando terminar de beber, coloque o pires sobre a chávena, como se fosse uma tampa e vire-o, num movimento rápido.

 

- Deixe descansar por mais alguns minutos (Já perceberam a esta altura que isto requer calma e descanso).

 

- A chávena estará então, pronta para a leitura! Esta deve ser feita sempre no sentido dos ponteiros do relógio, ou seja, da esquerda para a direita. Evidente...

 

- Observe com bastante atenção as figuras que se formam na parede da chávena. Se aparecerem figuras verticais, como colunas, que atravessam a suas paredes, considera-se as marcas como símbolos do tempo, correspondendo a um mês cada uma delas (presumo que depois de virar a chávena ao contrário devam aparecer algumas...).

 

- Olhando atentamente e utilizando sua imaginação (evidentemente), observe com que se parecem as figuras formadas com as borras de café e anote-as.

 

- Quando terminar a leitura da parede da chávena, leia também seu fundo, anotando novamente as figuras que encontrar.

 

Ah! No material deve estar também um lápis e um bloco de notas!

 

O que dizem nos locais onde li sobre isto é que neste processo de iniciação à arte da Cafeomancia, se deve procurar usar a imaginação de forma criativa para visualizar as imagens formadas na parede e no fundo da xícara. O que para mim é óbvio!!! E o mais acertado de tudo o que li!

Boa sorte na leitura! E aqui http://escolaesoterica.com.br/site/tabela-cafeomancia têm uma lista do significado dos símbolos.

 

 

A minha bolinha de cristal

Imagem retirada daqui

 

Se fosse a Maya tirava as cartas, mas já consultei a minha bola de cristal inexistente, e já dei volta à mioleira, que não é a de um economista, nem politólogo, mas as conclusões a que chego são sempre as mesmas… E se eu fosse um a bruxinha pegava na vassoura e até voava para bem longe!

 

Vamos ter pela frente tempos difíceis! Muito duros. Tão duros que as camas de faquires vão parecer fofas aos nossos olhares.

 

Mas eu revelo o que vi na bolinha de cristal.

 

Este Governo não se vai demitir, já provou que está ali de pedra e cal, e aliás, diga-se de passagem, foi escolhido, votado há cerca de um ano, para ali estar, tudo bem que as promessas foram vãs, mas quem mandou acreditar? (E como até acabaram com a TSU, agora respira-se de alívio.)

Continuando… a bolinha diz que eles não se demitem, o nosso PR nada vai fazer, e não se iludam com isso, é do mesmo partido e não está para estragar a reforma. Não vai existir golpe de Estado e o povo… bem o povo é o povo! Tanto faz que se saibam das falcatruas como os dinheiros mal gastos, o povo é o povo! Que tem que piar fino uma vez que os escolheu para estar ali, a estes e aos outros!

 

E antes de eleições darão uma ou outra benesse, intitulam-se de “salvadores”, mesmo que atrás deles haja um rasto de famílias, economia, um pais desfeito e esmigalhado. Mesmo assim serão salvadores. E como as pessoas têm memória curta hão-de votar neles outra vez.

E tal como me disseram hoje, não há volta a dar! Não há hipótese de renegociar a dívida e se não fosse a Troika e o FMI nós já não recebíamos há muito tempo. As manifestações é só para aliviar a garganta, de nada servem, é só palhaçada e folclore, e as greves é para nos tirarem mais dinheiro do bolso. Isto é o que se pensa.

 

Não sei se há outra volta a dar, provavelmente até não. Mas sei que as injustiças existem e é contra elas que eu falo, que eu luto, sem ninguém me dar ouvidos é certo, mas tenho a minha consciência tranquila. Porque eu sou contra estes engravatados que acham que a democracia é comprarem carros de alta cilindrada com dinheiro do povo! Contra estes anormais que usaram e abusaram do dinheiro público, e que agora estão no bem bom, e onde deveriam estar?

Sou contra as pazadas de dinheiro fornecidas a bancos que se meteram em alhadas e sabem que há quem os safe a seguir. Contra as injustiças sociais. Contra estes políticos que fazem desfazem e voltam a fazer e saem impunes, porque não há quem os faça pagar! Não há quem os faça ver que a impunidade não existe. Sou contra as barrigas cheias a custa de outrém.

 

E onde vamos parar?

Onde sempre estivemos, na cepa torta! E nem é preciso bolinha de cristal para ver que isto não tem pernas para andar…

 

E eu já nem tenho forças para tentar porque sei que o meu tento não vai conseguir fazer nada! Nada além de mandar uns bitates no meu blogue e dizer e fazer o que penso na altura certa. Mas somos poucos. E fôramos mais e os meninos que se sentam nas cadeirinhas do Governo pensariam duas vezes antes de nos lixarem a todo o custo! Antes de pensarem só nas suas barriginhas e nas próximas eleições! Antes de se porem a de se porem a ajudarem BPNs e outros que tais.





Mais sobre mim

imagem de perfil

Posts mais comentados

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D