Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Direitos do Estado

Imagem retirada da net

 

 

O tribunal de Sintra decidiu retirar 7 dos 10 filhos de um casal! Não sabendo pormenores do caso, e acreditando que, de facto, a senhora era negligente e não cumpria o acordado com os funcionários da Comissão de Protecção de Menores , o que deixava as crianças num certo risco. A questão premente e que se coloca é que, ao que parece, a última decisão partiu da recusa da mãe em realizar uma intervenção cirúrgica conhecida por laqueação de trompas. Isso a impediria de trazer mais crianças ao mundo e de as negligenciar.

 

Mas até que ponto pode os Estado, ou seja, um Tribunal obrigar alguém a realizar um processo cirúrgico?

 

Muitos se insurgiram contra esta decisão e até contra a retirada dos filhos à mãe.

 

Quanto à retirada dos filhos quero assumir, e apesar de não conhecer todos os factos, que é uma decisão feita sempre em última instância. E que se foi tomada é porque realmente existia algum risco para o bom desenvolvimento daquelas crianças.

 

Mas pergunto. Será que existe o poder de obrigar aquela senhora a laquear as trompas?

 

Até onde poderá ir a intervenção do Estado?

 

Não sei. Talvez não seja justo obrigar alguém a fazer o que não é da sua vontade. Mas será justo para uma criança que nasce? Será justo à partida ser negligenciada?

 

Mas se era assim tão negligente porque retirar só 7 e não os 10?

 

Conheço um caso parecido em que todos os filhos foram retirados à família, por negligencia desta.

 

Mas pergunto mais. Não estarão neste momento muitas crianças, muitas famílias em risco com esta crise e esta autoridade?

 

Perguntas... perguntas que eu tento compreender mas que não consigo resposta...

 

Questões...

Como sabem ando meia bloqueada das ideias desde que pus aquele vídeo da "clonagem" no meu blogue, transtornou-me ver o passado, transtornou-me ver para onde fomos catapultados.

 

Muitas questões se têm formado na minha mente...

 

Questiono-me se o povo sabe em consciência escolher quem o representa? Se não se guiarão por discursos inflamados e boas aparências? Se saberão os programas eleitorais e as ideias de cada partido?

Se os partidos políticos não terão entrado no descrédito?

Questiono-me sobre a forma como se aplica a democracia? Será a mais justa e correta? Será a que não se consegue fazer melhor?

Questiono-me sobre o estado a que chegamos e o porquê de estarmos assim?

 

E desde ontem que  outra questão, premente, se vem formando na minha mente, e se o referendo que  será feito na Grécia  fosse feito cá?
Preferia morrer "queimada" com a austeridade e a Troika?
Ou "afogada" com a banca rota,e a perda de credibilidade pelos investidores estrangeiros? (que já não está famosa)

 

Sabem que mais? Preferia que me tivessem perguntado antes de estarmos à beira da morte!


Boa maneira do governo da Grécia lavar as mãos agora! Depois quando as coisas correrem mal (porque vão correr) é só dizer, FORAM VOCÊS QUE ESCOLHERAM! AMANHEM-SE!

 

A que estado chegou a Europa! A que estado chegou o Mundo!

Onde só os mercados interessam onde as crises são boas para alguns enriquecerem à sua custa!

 

Tem dias que eu tento, mas o meu tento está assim, e não consegue deixar de ver as coisas mais cinzentas... espero que seja destes dias mais escuros e chuvosos, espero ansiosamente que o sol surja no horizonte e nos dê a sua luz...

Mais sobre mim

imagem de perfil

Posts mais comentados

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D