Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Por onde andam os nossos filhos?

 

A vida social já não é só realizada em encontros com amigos nos cafés, ou em jantares e lanches combinados, nestes últimos tempos foi para algo que há uns anos nos causaria o maior dos espantos. Foi para as ditas "redes sociais", Twtecoisos, Facecoisos, Instragracoisa, Bloguices e outras ices e coisas que a sociedade se tem virado, com os nosso filhos implantados na "cena" desde muito cedo. E incluo o virtual na vida social, primeiro porque é, para muitos, a vida social que têm. Segundo, para outros é um ponto de encontro de ideias, discussões, troca de opiniões e porque não de aprendizagem. Dependendo, claro, do que se quer no virtual. No meu caso, por aqui vou falando sobre assuntos que não dá para discutir no trabalho. E convenhamos, na correria diária, a nossa vida é muitas vezes casa-trabalho-casa e a Blogosfera tornou-se no tubo de escape ou na sessão de psicoterapia em grupo.

 

Comecei pela Blogosfera, depois, de anos a resistir,  criei perfil no Facebook, nada ponho lá a não ser as ligações para o Blogue. Reparei, no entanto, de uns tempos para cá que o meu filhote que tanto insistia em ter perfil no Facebook deixou de insistir....

 

Hummm... Não pode ser?!

 

Claro que não pode ser. Ele tem Instagram!

 

Agora reparem no diálogo...

 

Mãe- Filho ajudas-me a criar perfil no Instragram?

 

Filho- E para que queres tu o Instagram?

 

Mãe- Ora essa! Porque acho que me poderia ser útil!

 

Filho- Ouve lá, já tens o Blogue, o Face e agora Instagram? Não é exagero???!!!

 

Mãe- Espera aí. Há qualquer coisa aqui que não bate certo! Qual é o teu REAL problema?

 

Filho- É que o Instragram é uma "cena" só minha e que eu tenho só com os meus amigos, simplesmente não me apetecia que os meus pais se viessem meter!!

 

Pois é meus amigos, os nossos filhos perceberam que estamos com eles no Facebook e fogem para onde podem. E porquê?

 

O meu filho dá uma explicação que faz todo o sentido.

 

Não é que diga lá nada de especial, ou coisas que vocês não possam ler, ou que eu tenha vergonha, mas há conversas que eu só quero ter com os meus amigos, e estar a tê-las com vocês a ver, para mim, é o mesmo que eu estar no quarto a falar com eles com vocês ao lado a ouvir. E convenhamos que com observadores não dá para falarmos à nossa vontade.

 

Ele tem razão. Não temos que ouvir tudo o que dizem e ver tudo o que fazem! Temos que apenas educá-los para saber falar e saber fazer, a partir daí é levantar as mãos para o céu, como se diz por aqui. Sobretudo temos que tentar deixar que eles batam as asas, que estivemos a fortalecer, e que voem.

 

O cerco

Não vou falar do Papam, Argentino e com ar mais simpático que o outro Senhor resignado. Mas que tem pela frente muita obra um grande cerco de resistência a mudança. Desejo-lhe fôlego e vontade.

 

Nem falarei do cerco montado  ao imberbe Justin Bieber que deixa insanas rapariguinhas (e pais de rapariguinhas).

 

Nem  dos cercos da nossa história.

 

Vou falar de cercos actuais, daqueles que me andam a montar e a apertar de dia para dia. O FaceBook.

 

Ao que parece que não tem FaceCoiso não vive, não sabe viver e é um "atrasado" para as novas comunicações e tecnologias.

Já não posso com o comentário de boca aberta "Quê?!? NÃO TENS FACEBOOK!!!????!!!"

 

Podem fechar a boca faxabori! Eh! Páh! Não tenho, e gostaria de não ter. Mas... Há sempre um mas, não é?

 

O maridão criou um para o livro que publiquei, não entendo nada daquilo, talvez porque nem me esforce, tal é a minha resistência à coisa, que nem actualizo a página!! Errado, eu sei...

 

Cada vez me irrita mais o Face.

Ao parece muitos gostam de cuscar a vida dos outros. O que foi feito das comadres e beatas de antigamente??  As comadres de antigamente actualizaram-se! Renovaram-se e estão muito à frente.

 

Tudo se se sabe por ali.

 

"Ah! O fulaninho terminou com a fulaninha, mas ao que parece já anda alguém na mira porque vi por lá uns comentários... É a coisa e tal! Não sabes?!?"

 

"Então não sabias que a não sei quantos está grávida?!? Ela postou no Face!"

 

"O meu filho já está melhor";  "hã?";  "Então? Postei no Face que ele esteve internado!"

 

"Olá! Viste as fotos do jantar de Natal lá em casa?"

 

"Oi! Viste as fotos da lingerie que a minha jove comprou para festejarmos o dia de S.Valentim?"

 

"Então? Vamos jogar logo?" ;  "Como?" ; "Então? Páh? Que se passa? Postei no Face! Na viste?"

 

Pelos vistos sem o FaceBook somos um, não! Dois zeros à esquerda.

 

Por ali se "revêem" antigas amizades.

Por ali se faz propaganda, se revelam pormenores, se postam fotos que antigamente mostrávamos em álbum, e que quem via apanhava seca, mas não, agora só vê quem quer! Ou vêem todos!

Por ali está o mundo! E se desenrola a vida que não se passa cá fora (e também a que se passa)! Se fazem contactos, se vendem objectos,... por ali acontece tudo e de tudo!!

 

Antigamente existia o encontro no café, agora os encontros em frente ao monitor. Tempos de crise. Crise económica e social. Ou serei eu que estou mesmo resistente?

 

Dirão vocês. Então e os blogues?

 

Eh! Não é a mesma coisa. Salvo raras excepções, não é aqui esmiuçada a vida de cada um. Nem retalhada e cortada aos bocadinhos.

 

E ainda há outra coisinha, simples e singela. O que é dito fica no ar... é esquecido e desvanecesse. Mas o que está escrito? Fica lá. É visto e revisto e não há arrependimento que o retire de lá. Por isso, não há que pensar duas vezes antes de escrever, mas sim três ou quatro! Coisinha nada adequada para alguém impulsiva e pouco dada a reflexões nas respostas (como aqui o je).

 

Pois é... mas o meu mano que agora está com os Françiús resolve que a melhor maneira de falar aqui com a mais velha é utilizando o Face.... É que só faltava essa!

 

Skype? Não... Face!

Correio electrónico? Não... Face!

Tarifa telefónica? Não... Face! É melhor, vou lá todos os dias! Passa-se lá tudo! (Tonto)

 

E a mana aqui adia. Resiste. E talvez até vá criar algo para "falar" com ele. Se não podes vencê-los junta-te a eles.... mas SÓ E UNICAMENTE PARA ESCREVER AO MANO! É que vou tentar até à última gota não fazer perfil no FaceCoiso. Para que as pessoas ainda possam abrir a boca para falar comigo!

É que me dá prazer ver a procissão de moscas {#emotions_dlg.blink}

 

Imagens retiradas da net (obrigada a quem as disponibilizou)

 

 

 

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Posts mais comentados

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D