Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Eu tento, mas meu tento não consegue!

Sabendo que nem sempre vou conseguir ir aos vossos espaços, mas nunca vos esquecendo e sempre tentando...

Telenovelas

Ouroverde.jpeg

 

Já não é a primeira vez que digo que não assisto telenovelas. Mas, num dia em que resolvi Zapingar pela TV vi o anúncio à telenovela "Ouro Verde", uma produção para a TVi (canal que, por acaso nunca assisto), admito que fiquei curiosa.

 

Como tenho pouca paciência para as telenoveletas, coloquei o programa a gravar para poder ver e passar à frente. Juro que não entendo como se consegue ver em directo aguentando as partes repetidas e mortas...

 

A história, como podem ler, não traz grandes novidades, um tipo que é um coitadinho no início e quer vingança pela família morta. O problema é que se apaixona pela filha do mandante do assassinato à família. E como já é a segunda vez que Diogo Morgado entra numa telenovela de vinganças já deve ter experiência da coisa.

 

Muito de fala sobre o jovem Diogo Morgado, o Hot Jesus, que até à Oprah! Claro que ele representa bem, mas nesta telenovela destaco o Luís Esparteiro. Está divinal no seu papel de vilão! Sarcástico, sorriso malicioso,... nota 20! Destaca-se as belas paisagens na Amazónia e a interculturalidade, actores brasileiros, portugueses e até dois angolanos numa telenovela. Achei interessante.

 

Quanto à história ao seu desenrolar não traz nada de novo, paixões que são meio impossíveis ou improváveis, vilões, bonzinhos e vinganças e o arrasatar de uma história em 200 ou 300 episódios que se contava em 20. Mas talvez a vida também seja assim... embora haja coisas que só mesmo em telenovelas. Como é que que não se conhece alguém que pouco muda passados 15 anos, isto  só porque tira os óculos e um sinal na face? Só na televisão mesmo....

 

 

 

Grilhetas...

Acho que nunca fiz o que que estou prestes a fazer aqui neste meu cantinho! Escrever sobre uma telenovela!

 

Mas trata-se de uma telenovela especial. O problema é que como é especial dá tardiamente... e como eu devo ser descendente de galinhas, espero que só na hora de ir para a cama e no sentido de orientação, e  que o cérebro que seja de outro animalzinho. O que se segue é que vejo sempre a minha novela gravada.

 

E porque cargas de água falo eu de um novelete no meu blogue?

Não só porque foi premiada pelo seu rigor histórico, mas também porque nos permite recuar no tempo num Brasil onde a escravatura tinha sido abolida. Tinha sido abolida no papel porque nas mentes humanas ainda continuava viva. Assombrosamente viva! Assim como o preconceito. Mas esse parece perdurar no tempo. Penso que as piores e mais horrendas grilhetas não são as que nos prendem fisicamente, mas sim as que nos toldam a mente!

 

Vários temas surgem durante o desenrolar da história. A "revolta da chibata", o inicio das favelas, do futebol brasileiro, a luta da mulher pela sua independência como pessoa e muito mais.

 

Já não vão a tempo de ver esta magnífica produção da Rede Globo que na sua página criou uma ligação entre a telenovela e os factos históricos reais.

 

Destaco também a banda sonora deslumbrante para quem gosta de boa música brasileira e que vale a pena pesquisar no supremos YouTube. Façamos-lhe uma vénia.

 

Deixo o trailler, em Inglês, porque vale a pena ver que é um tema que deve correr mundo! Para nunca se esqueçam os erros da humanidade! E verificar como vale a pena realizar telenovelas com temas importantes!

 

 

 

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Posts mais comentados

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D